O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC) [VIDEO], concedeu longa entrevista ao jornalista Claudio Dantas, do O Antagonista. A conversa entre o jornalista e o parlamentar aconteceu durante viagem de Bolsonaro a Uberlândia, em Minas Gerais.

Pré-candidato à Presidência da República, Bolsonaro falou sobre diversos assuntos, entre eles economia. Mas, sem dúvida, o que mais chamou a atenção foi a fala do deputado sobre o juiz federal Sérgio Moro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Sergio Moro

“Olha só o azar do PT, o Sergio Moro trabalhou com não sei qual foi a ministra no passado, na questão do Mensalão, se eu não me engano, e ele foi indicado para ser um ministro do Supremo e o PT: ‘não, não quero’. E daí o que acontece, ele ficou na 13ª Vara”, afirmou Bolsonaro.

Durante a conversa, Claudio Dantas o informou que a ministra era Rosa Weber.

“Se fosse outro juiz, poderia ser que não acontecesse isso. Resumo da história para o PT: as ironias do destino. Para o PT, um ministro igual ao Sergio Moro no Supremo teria infinitamente melhor do que em uma Vara Federal lá embaixo”, continuou o deputado.

No meio desse emaranhado de frases, uma delas chamou a atenção de quem assistiu ao vídeo da entrevista. “Está na lista”, respondeu Bolsonaro quando foi questionado se pensaria em Sérgio Moro para o Supremo.

O próximo presidente poderá indicar três ministros para compor o grupo de 11 juízes que integram o Supremo Tribunal Federal (STF). Nos últimos anos, o STF passou a ter destaque na mídia que não se via há alguns anos atrás.

Sérgio Moro

O juiz federal Sérgio Moro é o titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, no Paraná.

Ele é o responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato em primeira instância.

Entre os nomes que já foram condenados por Moro, estão o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu. Muitos brasileiros queriam, inclusive, que Moro se candidatasse à presidência. O juiz federal já deixou claro que isso não vai acontecer.

Renato Duque, Marcelo Odebrecht, José Carlos Bumlai e João Vaccari Neto foram outros dos nomes condenados por Sérgio Moro. Até julho deste ano, 116 pessoas já haviam sido condenadas na Operação Lava Jato.

Bolsonaro presidente em 2018

O pré-candidato Jair Bolsonaro aparece bem nas pesquisas de intenção de votos, com chances reais de ir ao segundo turno da disputa. Na maioria dos levantamentos, ele só perde para o ex-presidente Lula.

Bolsonaro, porém, ainda não tem partido definido. Na entrevista concedida a Claudio Dantas, o deputado fala sobre isso. Até o ano que vem, muita coisa vai acontecer.