O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC), conta com um eleitorado fiel e muitos já deixaram claro em redes sociais que farão campanha de graça em 2018.

As pesquisas de intenção de votos para as eleições de 2018 [VIDEO] mostram o deputado federal na segunda posição da disputa, atrás somente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os números de Bolsonaro atualmente são impressionantes. Há pouco mais de um ano, ele tinha cerca de 5% das intenções de votos. Hoje, em algumas pesquisas, já chegou a 20%.

Se há dois anos, a candidatura do parlamentar para o cargo de presidente era algo longe de ser atingido, hoje já está praticamente confirmada.

O poder de Bolsonaro vem, justamente, das redes sociais.

No Facebook, o deputado é seguido por quase cinco milhões de internautas. Nenhum outro político tem tantos seguidores. E é nas redes sociais que os seguidores de Bolsonaro deixam claro o apoio ao pré-candidato à Presidência da República.

O apoio que recebe nas redes sociais tem se manifestado também na vida real. Em algumas cidades brasileiras, eleitores do deputado gastaram dinheiro com outdoors em homenagem a Bolsonaro.

Apoio

Confira algumas declarações de apoio ao pré-candidato mais polêmico entre todos aqueles que devem disputar o pleito presidencial no ano que vem. “Eu faço campanha de graça para o Bolsonaro. É só sair o comando”, comentou uma internauta.

“Eu vou fazer campanha de graça para o capitão Bolsonaro. Em agosto de 2018 muitos também farão campanha de graça”, afirmou outro seguidor.

Este apoio mostra todo o engajamento dos eleitores na campanha do parlamentar.

Ainda é cedo para falar que ele vai vencer as Eleições, mas os adversários já devem começar a se preocupar. Lula é quem mais se aproxima de ter um eleitorado tão fiel quanto o de Bolsonaro, mas o ex-presidente corre o risco de ficar inelegível caso seja condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá.

Imprensa

É praticamente unânime entre os seguidores de Jair Bolsonaro que a imprensa tem feito campanha para o pré-candidato.

Na semana passada, por exemplo, a revista Veja estampou uma foto de Bolsonaro em sua capa, sem photoshop, com a manchete: “A ameaça Bolsonaro”.

Essa capa fez com que muitos internautas declarassem apoio ao deputado federal, que defende, entre outras coisas, o direito da população a se armar e a castração química para estupradores.

Além da Veja, outros veículos da imprensa tradicional já atacaram o parlamentar em suas páginas online ou revistas.