Os eleitores de Santa Catarina parecem estar bem decididos de quem querem como presidente do Brasil. O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC), lidera as pesquisas no estado e abriu oito pontos sobre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) [VIDEO] no levantamento do instituto Paraná Pesquisas.

A pesquisa foi realizada entre os dias 12 a 16 de outubro e ouviu 1.554 eleitores em 64 cidades. O grau de confiança da pesquisa é de 95%, ou seja, a cada 100 pesquisas, 95 dariam resultados idênticos, e a margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Jair Bolsonaro

Cenário 1

Jair Bolsonaro lidera o primeiro cenário com sobras [VIDEO]. O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República aparece com 26,2% das intenções de votos.

Lula é o segundo colocado, com 18%. Portanto, Bolsonaro lidera além da margem de erro do levantamento.

A ex-senadora e ex-ministra Marina Silva (Rede) é a terceira na preferência do eleitorado de Santa Catarina, com 9,3%. O govenador de São Paulo, Geraldo Alckmin, vem logo atrás com 8,2%.

O senador Álvaro Dias, do Podemos, tem 7% da preferência dos eleitores no estado da região sul. Joaquim Barbosa, que não deve ser candidato em 2018, também foi incluído na pesquisa, com 5,8%. Ciro Gomes (PDT) tem 5,3%. Henrique Meirelles fecha a lista, com 0,8%.

Liderança

No segundo cenário, Jair Bolsonaro também lidera. O parlamentar aparece com 24,7%. A votação é menor do que no primeiro cenário devido à presença de João Doria no lugar de Geraldo Alckmin no PSDB.

Doria tem 10,8%, na terceira posição, atrás do ex-presidente Lula, que foi citado por 18,3% dos eleitores.

O prefeito de São Paulo deve disputar o pleito presidencial, seja pelo PSDB ou por outro partido, como o DEM.

Praticamente todas as pesquisas mostram Doria com mais votos do que Geraldo Alckmin. Nas últimas semanas, porém, a avaliação positiva ao ex-prefeito de São Paulo apresentou queda.

Entre as maiores críticas ao prefeito da maior cidade do país está o fato de ele dizer que a prisão de Lula seria um erro histórico. Declarações desse tipo são favoráveis a Bolsonaro, já que o deixam como único candidato que de fato seja anti-PT.

As Eleições só acontecem daqui a um ano, mas essas pesquisas mostram que Bolsonaro está no caminho certo para tentar chegar ao segundo turno na disputa presidencial. Com o pouco tempo da TV que deve ter, a força das redes sociais será fundamental para um bom desempenho de Bolsonaro.