A metralhadora de João Doria atirou mais uma vez, só que agora atingiu o que deveria ser um companheiro de partido. Adepto a gravar vídeos e apaixonado por um microfone, o prefeito não conseguiu ficar calado ao receber críticas do ex-governador Alberto Goldman (PSDB). No vídeo postado, o prefeito marqueteiro chamou Goldman de "fracassado", "improdutivo" e afirmou que ele "vive de pijama" em casa. Vale ressaltar que o ex-governador completa 80 anos nesta quinta-feira (12).

O ataque de Doria contra Goldman foi visto com péssimos olhos por seus aliados e assessores. A decisão de gravar a resposta foi única e exclusivamente do prefeito marqueteiro. Com o PSDB de São Paulo já rachado pela Guerra Fria entre João Doria e Geraldo Alckmin, o vídeo serve apenas como munição em meio à disputa.

Aliados de Doria ouvidos pelo UOL consideraram o vídeo resposta como um erro do prefeito.

Segundo eles, a agressividade de João Doria pode servir para sujar sua imagem com aposentados e até mais ainda internamente entre os tucanos. A lembrança da frase de Ciro Gomes durante a corrida presidencial de 2002, em que ele disse que a função de sua mulher, naquele momento a atriz Patricia Pillar, era "dormir com ele", surgiu entre os aliados de Doria.

Geraldo Alckmin e seus aliados, que não são bobos, ligaram para Goldman para "prestar solidariedade" após os ataques do antigo pupilo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PSDB

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo