O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou sobre a vitória de Aécio no plenário do Senado em entrevista, nesta quarta-feira (18), à rádio Super Notícias FM, de Belo Horizonte. Segundo o petista, ele recebe um tiro de canhão todos os dias e permanece de pé, já Aécio sofreu um tiro de garruncha e caiu.

A fala do ex-presidente contra o senador de Minas Gerais acontece uma semana antes do início de sua caravana no estado. Nomeada de "Caravana Lula pelo Brasil", o ex-presidente já passou por 30 cidades do Nordeste.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Lula

Agora é a vez de Minas Gerais, onde Lula irá comparecer em 12 cidades. A viagem se inicia dia 23 de outubro e encerra no dia 30 do mesmo mês.

Aécio está de volta

O senador Aécio Neves retornou aos trabalhos no Senado Federal na última quarta-feira (18).

Em seu primeiro discurso na tribuna após a votação dos senadores que acabou lhe salvando, Aécio afirmou ter sofrido uma "ardilosa armação". Aécio ainda completou dizendo que irá se defender enquanto estiver no exercício de seu mandato.

O senador tucano líder em denúncias da Lava Jato disse ter sido atacado de diversas formas no período em que ficou afastado e teve que passar pelo recolhimento noturno, mas afirmou que voltará ao Senado sem ódio ou rancor.