O ano eleitoral ainda nem começou e as discussões por partidos e para saber quem vai ser o novo presidente da República já estão em alta em meio à população nacional. Nas redes sociais, páginas e grupos já foram criados para fortalecer alguns dos candidatos, considerados mais fortes na disputa pela presidência em 2018, que são o deputado federal Jair bolsonaro (PSC-RJ) e o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Vale ressaltar que, recentemente, uma pesquisa realizada pelo Datafolha, afirmou que a maioria dos brasileiros querem a prisão de Lula. Outra pesquisa afirma que sem Lula no páreo, Bolsonaro lidera os intensões de votos para 2018 [VIDEO].

"Acreditam que eu não tenho forças para ser um bom cabo eleitoral", diz o ex-presidente Lula

Condenado a 9 anos e 6 meses de prisão em primeira instância, Lula tornou a desafiar seus acusadores. Ele afirma que se o impedirem de ser candidato nas Eleições de 2018, todos terão uma incrível surpresa. Ainda segundo Lula, todos os dias seus adversários estão agindo contra a sua pessoa, juntando alguns juízes para provocar o seu impedimento como candidato.

Lula afirmou que, caso seja impedido de ser candidato, o problema ainda não vai ter acabado, pois garante extrema força como cabo eleitoral. “Se acham que não vou ter força para ser cabo eleitoral, testem”, disse Lula quando defendia universidades públicas em Brasília.

Na ocasião, o ex-presidente ainda afirmou que está “lascado”, mas confia que o juiz Sérgio Moro ainda o receba com um pedido de desculpas.

“Eu não quero que ele me absolva, mas quero que me peça desculpas”, disse Lula quando discutia sobre a Lava Jato.

No discurso, o ex-presidente ficou por quase 40 minutos e enfatizou que seu partido não deve aceitar as inúmeras mentiras que estão expondo em meio a operação. “Nós contra eles! ”, gritou. [VIDEO]

Lula critica a Lava Jato e clama pelo povo

Lula disparou afirmando que os investigadores da Lava Jato deveriam estar mais preocupados em não deixar o povo sofrer, pois acredita que, caso não seja eleito, o povo continuará a sofrer.

Condenado no caso do triplex do Guarujá, o ex-presidente ainda é réu em mais seis ações penais, além de estar sendo denunciado em mais dois casos. Mesmo em meio à condenação e tantos processos, Luiz Inácio Lula da Silva continua a ser o preferido das recentes pesquisas eleitorais, dominando as intenções de votos.

Bolsonaro uma ameaça real ao ex-presidente Lula

Na companhia do ex-prefeito Fernando Haddad, Lula detonou o deputado federal Jair Bolsonaro. “Se o Bolsonaro trabalha para agradar o mercado, nós do Partido dos Trabalhadores temos que trabalhar para desagradar ao mercado”, afirmou.