Mais um detalhe movimentou a internet na manhã desta segunda-feira, 16 de outubro. O assunto da vez foi o polêmico projeto da prefeitura de São Paulo. Com aval do prefeito João Doria (PSDB), a prefeitura da cidade oferece o "composto alimentar granulado" para moradores de rua.

O produto e a crítica

Chamado de “composto alimentar granulado [VIDEO]”, o alimento tem sido apelidado, nas redes sociais, como a 'ração' oferecida por Doria.

Cercado por inúmeras críticas, tanto da população quanto do Conselho Regional de Nutrição, o projeto da prefeitura da cidade de São Paulo propõe um 'novo produto' feito a partir de produtos que estão próximo da data de vencimento.

Seriam, na verdade, alimentos que seriam jogados no lixo, mas, de acordo com o projeto, o que se pretende é reaproveitá-los, estendendo a validade dos alimentos através de desidratação e processamento, o que geraria um pó que poderia ser transformando em biscoito, por exemplo.

O “composto alimentar granulado” faz parte do projeto “Alimento Para Todos” e o mesmo tem sido desenvolvido em parceria com a Plataforma de Sinergia. O objetivo do projeto é evitar o desperdício de alimentos e destinar o ‘novo produto’ para a população em situação de carência alimentar. Contudo, o Conselho Regional de Nutrição se manifestou contra o projeto, citando o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) e a questão da segurança alimentar, uma vez que o produto não contém os nutrientes que possuem os alimentos in natura.

Os melhores vídeos do dia

Leia a nota do Conselho Regional de Nutrição:

"O Conselho Regional de Nutrição se manifesta contrário à proposta, pois contraria os princípios do Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA), bem como do Guia alimentar para a população brasileira, em total desrespeito aos avanços obtidos nas últimas décadas no campo da segurança alimentar e no que tange as políticas públicas sobre as ações de combate à fome e desnutrição."

O detalhe que viralizou na internet

Na manhã desta segunda-feira (16), o canal SBT apresentou uma reportagem sobre o produto. Nela o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de São Paulo, Filipe Sabará, provou o alimento processado. O detalhe que a internet não deixou passar foi a expressão que o secretário fez ao engolir o produto. Neste momento a repórter perguntou ao secretário: “O senhor acha gostoso?”

A expressão facial do secretário, ao engolir o alimento, foi bastante comentada na internet; tanto que fizeram um vídeo mostrando o momento em que Filipe Sabará faz uma expressão curiosa após engolir o produto.

Em resposta à pergunta da repórter, se ele achava gostoso, o secretário disse: “Aí vai do gosto de cada um. Uma pessoa tá passando fome e isso vai fazer com que a fome deixe de existir, eu prefiro que a pessoa tenha isso que passar fome e venha até morrer."

Veja a edição do vídeo compartilhada no Twitter:

Assista na íntegra a reportagem apresentada pelo canal SBT: