O deputado federal Tiririca é um dos políticos mais importantes do Brasil. Ele ficou conhecido por conta do seu bom humor na televisão, mas logo ganhou a Câmara dos deputados, em Brasília. O parlamentar descobriu algo terrível nos sete anos em que já é político. Em entrevista ao jornal 'Folha de São Paulo', Tiririca avisou que deve sair do mundo das negociatas. Por mais vontade que ele tinha de mudar algo, aos poucos foi percebendo que muita coisa aconteceu.

Tiririca revela que vai sair da política e divide questões em entrevista

O deputado federal contou que decidiu se reeleger, pois tinha vontade de dizer que era bem mais do que um voto de protesto.

"Precisava do segundo mandato para mostrar que não foi só voto de protesto. Esperava chegar aqui e aprovar projetos, mas a mecânica daqui é complicada", acrescentou ele, que projeta escrever um livro sobre o tempo em que passou no parlamento. É bom lembrar que Tiririca, desde que está no mundo do poder, protagoniza muitas polêmicas.

Tiririca passa por dificuldades durante o tempo em que ficou na política e fala até em desistir

Uma delas está relacionada ao fato de que ele, no início do seu mandato, ter sido acusado de ser analfabeto. Esse tipo de ação acabou sendo negada, mais tarde, na Justiça, quando o político conseguiu comprovar que era alfabetizado. Nas duas eleições em que mostrou sua cara, o político mostrou a mesma coisa. Uma delas era a de que levaria o bom humor para conseguir votos e a segunda é que ele tem capacidade de atrair milhões de pessoas para votarem nele.

Michel Temer passa mal e é internado em dia de votação importante

Nesta quarta-feira (25), o presidente da República, Michel Temer, acabou passando mal durante o dia em que os deputados conseguiram votar se ele seria ou não investigado ainda durante o mandato. A maioria dos parlamentares escolheu por não investigar o presidente no momento. Michel passou mal ainda cedo, quando foi levado para o hospital militar, em Brasília. No local, ele foi consultado por médicos e estava com problemas no trato urinário. Um procedimento chegou a ser feito para que o peemedebista conseguisse ir ao banheiro. A mulher de Michel acabou indo ao local e esteve com ele durante esse momento tão difícil para o companheiro.

E você, o que pensa a respeito da decisão do deputado federal? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade.