O Brasil tem enfrentado um grande desafio nos últimos tempos, o país declarou guerra aos políticos corruptos. A luta por um país melhor e mais justo para todos os cidadãos tem surtido efeito. A mídia tem veiculado praticamente todos os dias a prisão de políticos que infringiram a lei usando de maneira indevida o dinheiro público.

A prisão mais recente aconteceu com Anthony garotinho. Ele esteve governando um dos estados mais importantes do país, o Rio de Janeiro. A cidade do Rio de Janeiro é considerada um dos principais cartões postais do Brasil, inclusive foi a cidade sede das olimpíadas no ano passado. O ex-governador foi preso juntamente com sua esposa Rosinha Garotinho.

Garotinho está sendo acusado de ter cometido vários crimes, entre eles estão crimes eleitorais, organização criminosa e também corrupção. Ele foi detido e levado para o presídio de Benfica, local onde estão presos os criminosos da operação Lava Jato [VIDEO]. O ex-governador não gostou nada de ficar nesse local, pois vários inimigos políticos dele estão presos em Benfica.

Anthony Garotinho faz séria acusação

Após afirmar de maneira contundente que havia sofrido agressão [VIDEO], o ex-governador Garotinho vai ser transferido para outro presídio. O local onde ele vai ser encaminhado para Bangu, cadeia pública de segurança máxima. Garotinho relatou como tudo aconteceu, no entanto, a versão dele tem sido confrontada pelas autoridades do presídio. Além disso, as câmeras de segurança do local também não teriam feito nenhum registro fora da normalidade.

O ex-governador relatou que estava dormindo quando foi acordado por um homem de aproximadamente 1,70m. Além de características físicas, Garotinho descreveu como o suposto agressor estava vestido. Ainda conforme o depoimento do ex-governador, o suposto agressor tirou uma arma e falou que somente não o mataria por causa dos presos da Lava Jato, pois segundo ele iria complicar para os detentos ilustres. O homem teria realizado a agressão com um bastão de beisebol. Depois de ameaçar o político, o agressor teria dado um golpe com o bastão em seu joelho.

Os defensores do marido de Rosinha afirmaram que ele estava se sentindo ameaçado. O motivo seria o fato de estar no mesmo local onde estão vários de seus inimigos políticos, como por exemplo o também ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, além de outros políticos aliados do PMDB.

Segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária, somente o ex-governador estava detido naquela galeria, pois as outras celas se encontravam vazias. Eles afirmaram que as câmeras fizeram nenhum registro suspeito.

A suspeita é que Anthony Garotinho tenha forjado a agressão e como punição por não conseguido comprovar o ato, ele será transferido para o presídio de segurança máxima.