Nesta última quarta-feira, 22 de novembro, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony garotinho foi surpreendido pela ação da Polícia Federal que o conduziu até a cadeia. O político [VIDEO] já tinha vivido momentos como este em outra ocasião, entrando em estado de "desespero" ao saber que iria ser preso.

No entanto, Garotinho achou que estaria imune, ele estava comemorando, há cerca de dez horas da véspera de sua prisão, a condenação dos peemedebistas Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Corrupção

Através de uma transmissão ao vivo pela sua rede social no Facebook, Garotinho falava com ar de "vitória" e "justiça", enfatizando os crimes dos peemedebistas, chegando até mesmo a contar uma piada sobre a situação.

Anthony Garotinho ainda deu uma recado para população do Rio de Janeiro, enfatizando que é preciso que todos "acordem" com os imensos casos de Corrupção. "É preciso que a população acorde, porque ainda não terminou a faxina. Faltam outros setores que foram altamente envolvidos com essa safadeza toda", enfatiza o ex-governador.

A prisão de Garotinho se tornou algo "hilário" pelo fato de dez horas antes da detenção ele não imaginar que seria "o próximo".

Acusações

O ex-governador e sua mulher ex-Chefe do Executivo Estadual, Rosinha, foram pegos pela Polícia após serem acusados de arrecadar recursos ilícitos envolvendo empresários. Garotinho teria financiado sua campanha eleitoral e de seus aliados com dinheiro de propina, envolvendo até extorsão. Na defesa, Garotinho e sua mulher enfatizam o mesmo discuso do ex-presidente Lula, dizendo que são "perseguidos" e que não cometeram nenhum tipo de crime [VIDEO]contra a população.

Discurso contraditório

Nesta última segunda-feira, Garotinho mostrou indignação com a operação da PF batizada de "Cadeia Velha", no qual colocou Picciani e membros do PMDB na ''jaula'' da Polícia. O ex-governador ainda soltou um alerta: ''ainda vai aparecer muita sujeira por aí''. Mal sabia, que o próximo alvo seria ele mesmo.

Garotinho ainda afirmou que a ''desmoralização'' seria ''total' e que as pessoas iriam ficar surpreendidas com os próximos acontecimentos que iriam surgir.

A filha de Garotinho, Clarisse Garotinho, publicou em sua rede social o desabafo de indignação do pai e citou a prisão dos peemedebistas nas vésperas da prisão.

O jornalista Felipe Moura, colocou hoje no "Instagram" a frase contraditória de Garotinho. Veja a seguir: