O estado de Saúde de Michel Temer está novamente gerando alguma preocupação no país, sobretudo para aqueles que estão gostando do trabalho realizado até ao momento pelo atual presidente da República. Tal como informa o site “GCN”, quando se pensava que os sustos já tinham passado, depois de uma preocupante cirurgia à próstata no passado mês de outubro.

A verdade é que Temer vai ser novamente internado nesta sexta-feira (24), em São Paulo. Tudo indica que, o motivo para essa internação inesperada é de que o político precisa de fazer novos exames médicos, podendo existir a necessidade de realizar um cateterismo, caso seja identificada a necessidade pela equipe médica.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Saúde

Presidente mais velho da história

Foi por causa de circunstâncias um pouco insólitas e improváveis que Michel Temer, um dos políticos mais contestados dos últimos anos no país, conseguiu chegar no ano passado ao cargo mais importante da democracia brasileira, o de Presidente da República, substituindo Dilma Rousseff, [VIDEO] que foi destituída do cargo.

Graças a tudo isso, Temer se tornou o Presidente mais velho da história da democracia brasileira, com 77 anos de idade, um fator que pode estar sendo determinante para os constantes problemas de saúde do político polêmico.

Novamente no hospital

Como garante o site “GCN”, apesar da natural preocupação com a saúde do presidente, a obstrução parcial de uma artéria coronária é relativamente comum para pessoas que estão acima dos 75 anos de idade. Segundo estudos recentes, em um grupo de 100 pessoas com mais de 65 anos, um total de 20 a 30 tem algum tipo de doença coronária, que atinge uma artéria do coração e pode levar a um ataque cardíaco.

O objetivo do presidente da República seria passar o final de semana em São Paulo sendo tratado e examinado, sempre ao lado da sua família, para que na segunda-feira (27) possa já retornar aos seus compromissos profissionais em Brasília.

Sem capacidade física?

Nas redes sociais, a opinião acerca do estado de saúde do atual presidente da República está dividindo bastantes opiniões. Alguns internautas garantem que essa é mais uma prova que Temer não tem capacidades físicas para assumir um cargo tão importante como presidente [VIDEO].

Eles torcem para que as eleições presidenciais do próximo ano cheguem cada vez mais rápido. Ao que tudo indica, e ao contrário do que se previa, Luciano Huck não deverá estar na corrida presidencial para suceder a Michel Temer.