Falta menos de um ano para as Eleições presidenciais de 2018 e muitos dos nomes que devem concorrer no pleito já são conhecidos pelo grande público: Jair Bolsonaro (PSC), Lula (PT), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e um novo nome do PSDB, entre João Doria e Geraldo Alckmin.

Nas pesquisas de intenção de votos, Lula lidera todos os cenários e Bolsonaro aparece na segunda posição. Para muitos, o candidato do PSC [VIDEO], que deve mudar de partido, é fogo de palha e deve perder votos quando a disputa de fato começar, pelo pouco tempo que terá na TV.

A astróloga Maricy Vogel, porém, pensa de forma diferente. Em entrevista a Amaury Jr., ela falou sobre as eleições de 2018 e encheu Bolsonaro de esperança para a disputa do pleito presidencial.

“Amaury, existe o seguinte: eu li o mapa astral de todos os candidatos e devido ao que está acontecendo no céu, a gente tem que levar em conta que saturno vai entrar em capricórnio e o que significa isso? Conservadorismo, direita, valores, família, tradição e outras coisas, obviamente”, afirmou Maricy.

“E quem vai levar a presidência chama-se Jair Bolsonaro”, disse a astróloga com todas as letras. “E vou avisar os seus telespectadores: eu não sou paga por nenhum político, eu sou apolítica, eu não faço nenhum trabalho para ninguém”, explicou-se.

“Eu falei que o (Donald) Trump ia ser o presidente (dos Estados Unidos). Bolsonaro vai ganhar essa eleição. É o destino dele ganhar essa eleição”, esclareceu Maricy Vogel.

Bolsonaro postou o vídeo da astróloga falando sobre as eleições em sua página no Facebook.

Internautas comentaram a postagem. “Tomara, o único que tem coragem e não vai fazer acordo com quadrilhas e nem com os criminosos de gravatas, armados de canetas para assaltar o povo e ao Brasil”, postou um seguidor de Bolsonaro.

Pesquisas de intenção de votos

Pesquisas realizadas por Datafolha, Paraná Pesquisas, CNT/DMA, Ibope e DataPoder360 mostram Jair Bolsonaro na segunda posição em praticamente todos os cenários para as eleições presidenciais de 2018.

À frente dele está o ex-presidente Lula, que governou o Brasil entre 2003 e 2010. Lula, porém, pode ficar impedido de concorrer nas eleições do ano que vem se for condenado em segunda instância.

O petista é réu em cinco casos – três deles da Operação Lava Jato – e já foi condenado a nove anos e seis meses pelo juiz federal Sergio Moro no caso do tríplex do Guarujá. Os crimes cometidos por Lula foram corrupção passiva e lavagem de dinheiro.