As eleições [VIDEO] presidenciais de 2018 já estão chegando, e com isso, partidos se manifestam para lançar políticos em busca de uma vitória. Há especulações que o apresentador Luciano Huck, da Rede Globo, seria uma aposta para 2018. Até o momento, o apresentador não teria se convencido que seu nome seria uma "boa ideia" na política. Além de Huck, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa também teria "fãs" que gostariam dele se candidatar para a presidência da República.

Na internet, sites para fazer campanha política de Huck e Barbosa já existem, mesmo com os "presidenciáveis" não terem se credenciado para começar uma campanha.

Caso mudem de ideia, um domínio de sites já está reservado para cada um. Segundo investigações da revista "Veja" e do portal "IG", os domínios de site podem ter sido reservados por partidos políticos que estejam confiantes com uma candidatura de ambos, mas também poderia ser de uma pessoa aleatória, que teria interesse em vender o domínio mais tarde, caso o ex-ministro e o apresentador decidam se lançar de vez na política.

Luciano Huck

O marido de Angélica e pai de três filhos já teria até mesmo escolhido seu partido político, caso se lance nas Eleições. Luciano representaria um partido de centro, tentando se manter longe de extremos da direita e da esquerda brasileira. De acordo com o jornalista Lauro Jardim, do jornal "O Globo", Huck estaria adepto ao Partido Popular Socialista (PPS).

A princípio, a revista "Veja" lançou o nome do apresentador em pesquisas de intenções de votos.

O fato surpreendeu empresários brasileiros, ganhando ainda mais fôlego. Um grupo de empresários gostou da ideia de Luciano se tornar presidente, assim como também visam o prefeito da cidade de São Paulo João Doria (PSDB).

Nesta segunda-feira (6), uma breve reportagem da revista "Veja" divulgou que Luciano já teria um nome para ser vice-presidente, caso se candidate. Segundo a revista, Huck sonha em ter Marina Silva (Rede) como sua vice, formando uma chapa.

Liberal economicamente

Luciano Huck foi visto por empresários [VIDEO] como liberal economicamente. Ele se tornaria um representante da direita libertária, se afastando da direita conservadora vista no nome do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

O jornal "Folha de S.Paulo" enfatizou que Luciano Huck teria um bom desempenho na região Nordeste, por ele ter grande "apreço" pelos mais pobres. O fato de Huck fazer um programa de grande audiência na Globo chamaria atenção nas regiões mais pobres do Brasil.