Governar, certamente, não é para todos. O presidente da República, Michel Temer, [VIDEO] por exemplo, entrou no poder em um momento em que o país passava por grandes dificuldades. A presidente Dilma Rousseff, por exemplo, acabou sendo retirada do poder em um grave processo de impeachment. Michel Temer foi o homem que esteve meses no pleito, mas por ser idoso isso sempre preocupou.

Recentemente, em exames de rotina, o peemedebista descobriu que estava com um problema no coração.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Michel Temer

Os médicos deram uma triste notícia a ele, que assustou o Brasil. Temer precisaria passar por uma angioplastia, que consiste em uma operação cirúrgica que retira a gordura do coração. [VIDEO]

Michel Temer passa por cirurgia no coração e boletim médico ainda preocupa brasileiros

Neste fim de semana, como mostra uma reportagem do portal de notícias UOL, Michel Temer passou pela esperava cirurgia no coração.

Ao todos, três artérias coronárias foram operadas na angioplastia. Foi feito um implante. Isso foi necessário para evitar que o peemedebista tivesse, por exemplo, um infarto. O boletim médico do presidente é bom, mas ainda preocupa. A cirurgia em si ocorreu bem, conforme o esperado.

No entanto, serão necessárias pelo menos 48 horas para saber se tudo ocorreu também como o esperado internamente. Esse é um tempo comum para todos os pacientes. Depois disso, caso esteja tudo bem, Michel será liberado pelos especialistas para continuar com sua vida.

Michel Temer já avalia decisões políticas e assusta brasileiros com vigor

O presidente de 77 anos, o mais velho que o Brasil já teve, foi submetido a um cateterismo cardíaco, mas já pensa em como será a sua agenda política na semana que vem, o que assusta parte do público brasileiro, que acompanha a sua vida e a de sua família.

Temer ainda tem missões difíceis no seu governo. Apesar de afirmar com veemência que não ficará no poder novamente, não querendo uma reeleição, é bem possível que ele apoie algum candidato em 2018.

Eleições de 2018 podem contar com apoio de Temer a candidato

Apesar da rejeição recorde, Michel Temer tem conquistado índices bastante satisfatórios na economia, o que pode fazer com que candidatos queiram o seu apoio. Por enquanto, os dois principais candidatos do pleito são o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que ainda não definiu com que legenda vai concorrer.