Silvio Santos [VIDEO] e sua família são, sem sombras de dúvidas, uma das mais influentes e importantes do nosso país, por esse motivo, tudo o que fazem ganha grande destaque e proporções na mídia brasileira. O assunto deste mês que envolve a família e a empresa do Senor Abravanel (nome verdadeiro de Silvio Santos) foi o encontro de representantes do SBT e o presidente Michel Temer.

Fabio Faria e representantes do SBT se encontraram com Michel Temer

Segundo informações publicadas no site TV Foco na tarde do último dia 10, a filha do comunicador - a apresentadora Patricia Abravanel, seu genro - o deputado federal Fabio Faria - e o vice-presidente da emissora do dono do Baú - José Roberto Maciel - se encontraram no início do mês com o atual presidente da República, Michel Temer (PMDB).

Na agenda do presidente constava a seguinte informação: “Deputado Aguinaldo Ribeiro (PP/PB), líder do governo na Câmara dos Deputados; Deputado Fábio Faria (PSD/RN) e José Roberto Maciel, Vice-Presidente do Sistema Brasileiro de Televisão – SBT [VIDEO]”.

Nenhuma das partes comentou sobre os motivos que levaram o encontro dos políticos com os representantes da emissora da Silvio Santos, o único ponto confirmado foi que o encontro aconteceu no Palácio do Planalto em Brasília, às 13 horas e durou cerca de 15 minutos.

Marido de Patricia Abravanel está na mira para ser investigado por suspeita de corrupção

O genro de Silvio Santos se viu em meio a informações que o acusam de participar de um esquema de corrupção. Tudo se deu, depois que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal - STF, uma autorização para investigar o deputado federal Fabio Faria (que atua pelo Partido Social Democrático - PSD do Rio Grande do Norte) e seu pai, o governador do estado do RN (também pelo PSD), em um suposto esquema de corrupção envolvendo a JBS.

A denúncia teria partido de acordo com a declaração do grupo da J&F, mais especificamente do delator Ricardo Saud que controla a JBS (empresa de Joesley Batista, marido de Ticiana Villas Boas que apresentava o programa Bake off Brasil no SBT). O mesmo afirmou que o grupo teria pago à família Faria (filho e pai) uma quantia de R$ 10 milhões para as eleições de 2014.

Por este motivo, o procurador-geral da República pediu que fosse aberto uma investigação para averiguar se realmente houve o envolvimento destes políticos nos atos ilícitos que foram relatados por Ricardo Saud. Tanto Fabio Faria, como seu pai Robison Faria, serão ouvidos na condição de investigados.