As eleições de 2018 prometem muitas polêmicas. [VIDEO]Um dos nomes que pode estar nessa disputa, segundo diversos veículos de comunicação e fontes internas de partidos, é o apresentador Luciano Huck. Ele ainda não confirma se vai mesmo estar no pleito, mas já aparece em diversas pesquisas eleitorais, como do Instituto Paraná. Nessa quarta-feira (22), o Instituto mostrou que outro nome está "humilhando" Luciano Huck nas pesquisas eleitorais. Sérgio Moro, segundo os números, teria mais chances de vencer uma eleição do que o comunicador da Rede Globo. [VIDEO]

Sérgio Moro surge bem à frente de Luciano Huck em pesquisa com candidatos novatos

A pesquisa do Instituto Paraná é bastante elucidativa.

Ela traz nomes que estão de fora da política, mas que estão sendo falados nos últimos tempos. O marido de Angélica, que comanda o 'Caldeirão', é um dos mais citados. Ele aparece com dois dígitos nas pesquisas. No entanto, Sérgio Moro, que ficou conhecido por ajudar na Operação Lava Jato, tem números de deixar qualquer um chocado. O chefe da chamada "República de Curitiba" está com cerca de 35% das intenções dos votos dos brasileiros. Mais da metade dos eleitores afirma que quer votar em algo novo, a fim de tentar algumas mudança nos próximos tempos. Se isso vai ser possível, ninguém sabe, mas a expectativa é realmente grande.

Luciano Huck perderia eleição para Sérgio Moro, segundo pesquisa

O contratado da Globo, segundo uma matéria do Estadão, deve se filiar ao PPS até o dia 15 de dezembro.

Para se sagrar candidato, o comunicador vai ter que sair da televisão e deve ser substituído por Márcio Garcia. Os rumores de que Luciano Huck será candidato aumentaram após até mesmo a Globo revelar que deu um ultimato para que todos os nomes que tenham o interesse de concorrer ao pleito saíam da emissora após o fim desse ano.

Joaquim Barbosa está com mais de 11% das intenções de votos, como mostra a pesquisa do Instituto Paraná. Ele está tecnicamente empatado com o famoso global. Ex-ministro da entidade máximas da Justiça, o Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim é conhecido pelos seus discursos polêmicos. Assim como Sérgio Moro, outro nome conhecido da Operação Lava Jato, Deltan Dellagnol também já aparece nas pesquisas de voto. Ele tem 6% de apoio. Os demais candidatos aparecem com números não muito expressivos.

Segundo a pesquisa, cerca de 71% dos entrevistados assumem que não votarão no mesmo candidato em quem votaram para presidente ou deputado federal nas eleições de 2014. Nesse sentido, cerca de 72% deles admitem que esperam que o Brasil consiga enfim sair do buraco.