O PT demonstra estar bastante antenado nas denúncias que emissoras mundiais, incluindo a TV Globo [VIDEO], teriam utilizado propina para obter os direitos de transmissão da Copa do Mundo. Prova disso é que o partido usou o seu site oficial para dar ampla divulgação à investigação feita nos Estados Unidos sobre este caso.

Militantes do PT e apoiadores do partido costumeiramente acusam a Globo de ser contra os interesses da sigla. Políticos importantes dentro da legenda como os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula, e Dilma Rousseff, já criticaram a emissora publicamente em entrevistas e discursos antigos.

Os deputados petistas Wadih Damous (PT [VIDEO]-RJ) e Paulo Pimenta (PT-RS) são os dois representantes do partido no Congresso que estão levando o caso ainda mais além.

Eles pedem investigação também no Brasil e cassação da concessão da Globo, o que é praticamente impossível de acontecer.

O envolvimento da Globo no suposto esquema foi citado pelo delator Alejandro Burazco, que é um empresário argentino. Segundo ele, o grupo brasileiro, a empresa Torneos y Competencias e a mexicana Televisa pagaram propina à Associação Argentina de Futebol pelos direitos das Copas de 2026 e 2030.