O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está tentando provar para todos que não tem medo de nada e a sua fala tem causado um alerta em alguns membros do PT. Ao ver que o possível candidato à Presidência da República, Luciano Huck, teve um aumento em sua aprovação pelos eleitores, de acordo com uma pesquisa, Lula decidiu começar os ataques contra o apresentador [VIDEO].

Uma das coisas que o petista fez e que não foi bem aceita no partido é um menosprezo por Huck. Lula chegou a dizer que gostaria muito de disputar as eleições contra alguém que tenha um logotipo da Globo na testa.

Huck não combateu e chegou a pensar em desistir da sua candidatura [VIDEO].

Ele ainda não definiu qual caminho pretende tomar, mas as provocações do petista deixaram o apresentador um pouco decepcionado. Segundo amigos de Huck, ele teme que entrando na disputa, sua vida seja revirada de todas as formas e isso seria expor muito a sua intimidade.

Uma parte do PT já afirmou que o ex-presidente está agindo errado em menosprezar o global. Um dos pontos levantados por esses membros, é que no ano de 1989, o ex-presidente Fernando Collor também foi ignorado por vários candidatos e acabou ganhando as eleições. Ele conseguiu uma vitória, inclusive, em cima de Lula.

Um outro ponto que está preocupando os petistas, é que Luciano Huck possui um programa que ajuda muito pessoas pobres a realizarem seus sonhos. O PT acredita que ele pode receber a alcunha de "paizão dos pobres" e isso seria devastador contra Lula.

Em seu programa, o "Caldeirão do Huck", o apresentador ajuda pessoas humildes, reformando casas e carros.

Dados de pesquisa

Segundo informações da pesquisa Estadão-Ipsos, divulgada nesta quinta-feira (23), Huck teve um salto em sua aprovação, passando de 43% para 60%. A sua rejeição também teve uma queda, passando de 40% para 32%.

Esses dados poderiam ser um estímulo ao apresentador, mas os ataques de Lula deixaram ele um pouco desconcertado. Conforme seus amigos, muitas outras coisas ainda virão para atormentá-lo caso ele se decida pela disputa e ele deve estar preparado para o pior.

Ultimato

A TV Globo já deu um ultimato para o apresentador. Ele tem até o final de dezembro para decidir se escolhe o caminho da política e perde seu programa ou se continua do jeito que está, sem disputar nada, mas garantido na Globo.

A informação que se tem é que Huck está muito perdido nessa decisão e de quatro em quatro horas muda de pensamento.