Mesmo preso e cassado, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ainda mantém seus tentáculos no governo de Michel Temer [VIDEO]. Aliado fiel do presidiário, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) será o novo articulador do governo. O Planalto informou neste último sábado (9) que Marun tomará posse da Secretaria de Governo já nessa semana, quinta-feira (14).

O convite oficial para que Marun assumisse status de ministro ocorreu neste sábado, segundo informou a assessoria do Planalto. O peemedebista vai entrar no lugar de Antonio Imbassay (PSDB [VIDEO]-BA), que entregou o cargo após o desembarque do PSDB do governo Temer.

Marun já vinha fazendo as vezes de articulador do governo há algum tempo.

Ele era o nome preferido do Centrão, que não conversava com Imbassahy, pois dizia que o ex-ministro não conseguia entregar suas promessas.

Carlos Marun foi um dos principais articuladores para conseguir barrar as duas denúncias contra Michel Temer na Câmara dos Deputados. Ele também foi fundamental na tentativa de Eduardo Cunha para tentar evitar sua cassação.

O deputado terá como principal obrigação agora articular e conseguir os votos necessários para a aprovação da reforma da Previdência. Segundo afirmou, muitos deputados ainda não têm conhecimento do projeto, então terá muito o que conversar e explicar.