Segundo as informações a Folha D.São Paulo, está trabalhando para tirar da disputa à Presidência da República o candidato mais forte que vem liderando a pesquisa para aumentar as chances de seu representante em São Paulo o pré-candidato Geraldo Alckmin (PSDB).

Segundo as informações, A Folha está com intuito de acelerar o julgamento contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula [VIDEO]da Silva (PT) e para isso a Folha está pressionando os desembargadores do Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4) para que o processo envolvendo Lula [VIDEO]seja julgado ainda no primeiro semestre de 2018.

A Folha reconhece que as pesquisas divulgadas pelo Datafolha, que foram divulgadas neste último sábado (02) realmente demonstra um grande favorecimento ao ex-presidente Lula nas próximas Eleições.

Na nota divulgada pela Folha, Lula não aceitaria de forma passiva tal injustiça referindo-se a sua inelegibilidade caso venha ser condenado no TRF-4.

Para os petistas a mídia já vem fazendo pesquisas sobre as intenções sem a participação de Lula no cenário eleitoral. Sem Lula para disputar as eleições, a disputa continuaria entre Geraldo Alckmin e o deputado Jair Bolsonaro e por isso já estão tentando desmotivar o Deputado Bolsonaro e garantir que Alckmin vença as eleições em 2018.

Lula continua liderando em todos os cenários eleitoral

Nova pesquisa sobre quem está liderando nas intenções de voto para eleger o novo Presidente da República feita pelo Datafolha, que foi divulgada neste sábado, mostra números surpreendentes.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganhou força e está liderando na concorrência para presidente do Brasil nas eleições de 2018.

Outro candidato à presidência que também vem crescendo e já está com o segundo lugar consolidado na disputa, é o pré- candidato e deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). A pesquisa foi baseada em um cenário que tinha como concorrentes os pré-candidatos Marina Silva (Rede), que anunciou sua candidatura há poucos dias.

Pesquisas realizadas sem Lula no Cenário eleitoral

Lula lidera as eleições com cerca de 34% das intenções dos votos, enquanto que Jair Bolsonaro ficou em segundo lugar com 17% dos votos. O ex-presidente Lula foi condenado por corrupção em julgamento que aconteceu no mês de julho e, se for condenado outra vez em segunda instância, ficará impedido de participar das eleições em 2018.

Nas pesquisas feitas com um cenário sem a participação de Lula na disputa para presidente, quem vem liderando é o deputado Jair Bolsonaro que acumula cerca de 21% a 22% das intenções dos votos e Alckmin aparece neste mesmo cenário sempre ocupando o terceiro ou quarto lugar na concorrência para presidente.

Sobre uma possível votação em segundo turno, Lula também está liderando em todos os cenários. Segundo a pesquisa do Datafolha em segundo turno entre Marina e Bolsonaro, Marina venceria com cerca de 46% contra 32% de Bolsonaro.