De acordo com nova pesquisa do Instituto Datafolha, que foi divulgada neste sábado (02/12), o possível candidato à presidência Luís Inácio Lula da Silva está forte na liderança das intenções de voto.

Lula (PT) está em primeiro lugar na disputa presidencial e consolidando-se em segundo lugar na pesquisa, está o atual deputado federal Jair Messias Bolsonaro (PSC-RJ).

Embora o PSDB esteja tentando popularizar a candidatura do atual governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, parece que o tucano ainda não agrada o brasileiro, pois Lula cresceu nas intenções de voto e Bolsonaro está ocupando isoladamente o segundo lugar.

Publicidade
Publicidade

Alckmin é no momento o maior candidato do PSDB à presidência, depois que o global Luciano Huck declarou que não será candidato à vaga.

Alckmin seria uma opção contra as extremas direita e esquerda mas surgiu na pesquisa com apenas 6% das pretensões de voto, ameaçado pelo pedetista Ciro Gomes, com quem está empatado tecnicamente, que mostra ser um forte candidato à Presidência da República.

Enquanto isso, a impopularidade de Michel Temer (PMDB) com os brasileiros continua se evidenciando: apenas 1% dos entrevistados pelo Datafolha votariam no peemedebista.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Lula

A pesquisa

A pesquisa do Datafolha foi feita nos dias 29 e 30 de novembro e contou com a participação de 2.765 eleitores, distribuídos em diversas cidades, de diferentes regiões do país. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

PT na liderança

Na entrevista com eleitores, foram apresentados diversos possíveis candidatos em diferentes situações de disputa e em todos os cenários com Lula, o petista permanece em primeiro lugar e venceria o segundo turno com grande diferença na porcentagem de votos.

Publicidade

Veja o resultado da pesquisa se Lula disputasse com Marina Silva, Joaquim Barbosa, Michel Temer e Henrique Meirelles

Lula (PT) - 34%

Bolsonaro ( PSC) - 17%

Marina Silva (REDE) - 9%

Alckmin (PSDB) - 6%

Ciro Gomes (PDT) - 6%

Joaquim Barbosa (sem partido) - 5%

Álvaro Dias (Podemos) - 3%

Manuela D'Avila (PCdoB) - 1%

Michel Temer (PMDB) - 1%

Henrique Meirelles (PSD) - 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC) - 1%

Os votos em branco, nulo ou que não votariam em nenhum, somam 12% e os eleitores que ainda não decidiram em quem votar são 2%.

Em simulação de eleição sem Lula como candidato, Jair Bolsonaro aparece em primeiro lugar, porém não ganharia no segundo turno.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo