Em mais um evento como se já estivesse em campanha eleitoral, Lula disparou várias frases de efeito em um evento em Brasília, na noite desta quarta-feira, no ato promovido pelo Sindicato dos Bancários. O petista voltou a dizer que não pretende se candidatar para se "defender" ou se "proteger", mas para provar sua inocência.

Nesta semana, Lula [VIDEO] voltou ao centro do noticiário político brasileiro em razão da marcação do seu julgamento em segunda instância no TRF-4, que será no dia 24 de janeiro. Se a condenação em primeira instância feita pelo juiz federal Sérgio Moro for mantida ou ampliada, ele incorrerá na lei da Ficha Limpa e não poderá ser candidato em 2018.

"Se eles não sabem como consertar esse país, eu sei. Se não sabem cuidar do povo brasileiro, eu sei", disparou Lula, fazendo fortíssimas críticas à imprensa e aos que desejam impedir suas caravanas pelo país, que têm se intensificado nos últimos meses.

Em Brasília, Lula foi recebido por militantes e simpatizantes do PT e muitos cartazes com mensagens de apoio foram vistos. Em um deles, a já conhecida frase de "eleição sem Lula é fraude", que também foi tema de um artigo escrito pela ex-presidente Dilma Rousseff [VIDEO] nesta quarta-feira.