Eliezer Pacheco, juntamente de sua esposa, a deputada federal Maria do Rosário [VIDEO] foram assaltados na tarde desta última quarta-feira, dia 28 de dezembro em frente à residência que habitam em Porto Alegre. As autoridades contaram que os dois foram abordados por três homens em uma situação de extrema velocidade, levaram os pertences e inclusive o carro, para o alívio dos familiares, os bandidos não cometeram nenhuma violência física contra Eliezer nem contra Rosário.

A deputada Maria do Rosário é muito conhecida por sempre estar em pé de guerra com outro deputado federal de grande nome em Brasília, Jair Bolsonaro [VIDEO]que recentemente se colocou como pré candidato a presidência do Brasil em 2018 e já garantiu que vai cortar em 100% as verbas para os Direitos Humanos.

Ambos possuem pontos de vistas completamente diferentes, ela seria uma grande defensora dos Direitos Humanos e chegou a ser ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos enquanto Dilma Rousseff tinha o poder. Na internet pode-se encontrar com muita facilidade o vídeo onde ela e Bolsonaro proporcionam um verdadeiro bate e boca, com ofensas de ambos os lados.

O vídeo rendeu não só muita “fama” para os dois, mas sim muitas piadas e vídeos com montagem fazendo “memes” dos dois. Jair é conhecido por falar sempre o que pensa, mas nos últimos meses ele vem se contendo para não prejudicar a sua imagem durante a candidatura à presidência. Eles já discutiram inclusive no plenário, diante de dezenas de outros deputados.

Burburinho nas redes sociais

O assalto que a deputada sofreu deu o que falar nas redes sociais.

Muitas pessoas se manifestaram alegando que Maria é defensora de bandidos e que ela deveria ter cumprimentado o assaltante. Rosário recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais. Muitos internautas alegaram que ela merecia passar por isso para que ela pudesse sentir na pele a falta de segurança que existe para os demais brasileiros. As críticas não pararam por aí, inúmeras pessoas afirmaram que ela não deveria abrir um boletim de ocorrência, pois a mesma acredita que pessoas que se envolvem em crimes são “vítimas da sociedade” e merecem uma segunda chance para que possam ter uma vida digna.

Por outro lado, algumas pessoas que se simpatizam com ela, decidiram se manifestar e pediram para que os internautas parem de persegui-la, pois assim como ela, qualquer pessoa está sujeita a passar por esse tipo de situação.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo de temas com relevância para a nossa sociedade.