Ministros do governo Temer estão usando os jatos da Força Aérea Brasileira (FAB) para carregar lobistas, amigos e parentes, segundo matéria veiculada pelo site MSN nesta segunda-feira (11). A reportagem feita pelo site foi baseada em informações da Lei de Acesso à Informação, com dados de viagens de 12 ministros que não cumpriram o que determina o decreto 4.244/2002, que dispõe das normas para utilização das aeronaves da FAB.

Segundo o decreto, o uso da frota é apenas para o transporte de vice-presidente, dos ministros de Estado, chefes das Forças Armadas e dos três Poderes. Não é autorizado o embarque de pessoas sem função ou cargo público, a não ser que tenha autorização especial do ministro da defesa. Mas não é o que tem acontecido. Veja a seguir.

O uso indevido das aeronaves da FAB

De acordo com a publicação, dos dados apurados sobre os 12 ministros, se pode verificar que seis deles levaram junto em sua comitiva, esposas e filhos, e parte das viagens foi para cumprir agendas em locais turísticos.

Outro ministro deu carona para a esposa de um colega de Esplanada, três transportaram empresários ou lobistas e outros três levaram amigos. Algumas pastas (sete delas) não apresentaram a relação de passageiros.

Desligado recentemente das Cidades, Bruno Araújo (PSDB) levou em pelo menos seis viagens a sua esposa. Em junho de 2016 eles teriam embarcado para Campina Grande (PB) para a abertura da festa "Maior São João do Mundo" e em seguida foram para Recife, onde moram - isso foi em uma sexta-feira.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Governo

Em abril, saiu de Brasília para Foz do Iguaçu um voo com uma comitiva de casais. O voo teria sido requisitado por Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento, e Sarney Filho. Este último levou também a esposa. No mesmo voo estavam - junto com suas esposas - Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Temer, Romero Jucá (PMDB-RR), Ives Gandra (presidente do TST) e Arthur Maia (PPS-BA). O evento aconteceu em um resort e durou três dias.

Voos são utilizados para ministros irem para casa

Em julho, uma reportagem da BandNews apontou para o aumento da utilização dos voos da FAB no Governo Temer em 40%. Um decreto assinado pela ex-presidente Dilma Rousseff, em 2015, proíbe o uso dos jatos para ir e voltar para casa. Entretanto, a BandNews fez um levantamento que apontou que, entre janeiro março de 2017, houve uma média de quase seis voos por dia, entre os ministros de Temer e outras autoridades.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo