A política brasileira tem deixado muita gente descontente em todo o Brasil. [VIDEO]Não faltam brasileiros que acreditam que o país precisa mudar. Alguns, mais enérgicos, propagam até a extinção dos políticos e é bom que alguns tomem mesmo cuidado.

Neste domingo (3), por exemplo, um plano maléfico que envolvia uma explosão no centro do poder no Brasil, em Brasília, acabou sendo desvendado pela polícia. Uma perseguição alucinante envolvendo um simples militar do Corpo dos Bombeiros expôs o perigo envolvendo a segurança em torno do Palácio do Planalto e do Congresso Nacional [VIDEO], instituições envolvendo deputados, senadores e até o presidente da república.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Michel Temer

Políticos não estavam no Congresso Nacional durante tentativa de explosão

Em Brasília, os ministérios e os palácios principais ficam muito próximos um do outro. O militar Fabrício Marcos de Araújo sabia disso.

Trabalhando há vários anos na corporação, ele tinha um plano diabólico, como mostra uma reportagem publicada pelo portal de notícias G1 nesta segunda-feira (4). O militar queria explodir um caminhão de bombeiro dentro do Congresso Nacional.

A perseguição que envolveu 15 carros da Polícia Militar teve até mesmo tiros. Durante o que acredita-se ser um surto, o militar roubou o caminhão e o levou até próximo ao Congresso Nacional. Tiros foram dados no pneu, até que o caminhão derrapasse. O militar, então, foi preso. Ele agora pode ficar até 20 anos preso. Dentro do veículo, que foi retirado da corporação em um momento que o militar estava de folga, tinha duas latas de cerveja. Ainda não se sabe se o bombeiro estava bêbado.

A história de um simples bombeiro que mexeu com a política nacional pelo medo

Um dos policiais que perseguiu Fabrício disse que ele estava muito instável e emocionalmente perturbado.

Em seguida, ele falou sobre os problemas mentais sobre o caso, mas que ao conversar melhor demonstrou saber o que estava fazendo.

A testemunha também afirmou que o homem estava com "forte odor etílico". Araújo passou por audiência de custódia ainda neste domingo, e a Justiça decidiu mantê-lo detido. A prisão dele foi convertida em preventiva, ou seja, por tempo indeterminado.

Advogado nega que bombeiro seja terrorista e ele deve passar por avaliação psiquiátrica

O defensor do bombeiro revela que não acredita que ele seja um mero terrorista e avisou que Fabrício deve passar por uma nova análise psiquiátrica.

Deixe o seu comentário.