Caio Narcio estava com uma respiração ofegante quando assumiu a mesa da Comissão de Educação da Câmara, na noite de quarta-feira (13), para proclamar votação e aprovação de um projeto considerado polêmico, pois trata da implementação de cursos na área da saúde em sistema EAD (educação a distância).

O interessante é que na comissão tinha apenas o parlamentar presente, nenhum outro deputado presente no plenário. Ele chegou, sentou-se à mesa ladeado por uma secretária e pelo colega deputado Saraiva Felipe (PMDB-MG).

Demonstrando muita ânsia e nervosismo em sua respiração, parecia que havia chegado correndo ao plenário, ele falou: "Não havendo alguém que deseje discutir, os que aprovam permaneçam como estão. Aprovado".

Logo após a deliberação, o deputado Caio Narcio suspirou e declarou: "Não havendo nada mais a tratar, quero agradecer a presença de todos, e convoco uma reunião para o próximo dia 20, às 10h, onde trataremos dos assuntos em pauta. Declaro encerrada a sessão."

O interessante é que a Comissão de Educação durante todo o dia havia estado com a sala lotada, começando os trabalhos às 10h30. Um requerimento solicitando a retirada do projeto de pauta foi votado pelos deputados, havendo rejeição do mesmo.

Narcio suspendeu a sessão às 11h25 para atender votação em plenário da Câmara. Quando terminou a votação na Câmara, ele voltou correndo para a sala da comissão, isto às 21h46, e sozinho, em 1 minuto, abriu votação e aprovou o projeto com a sala vazia.

O Conselho Nacional de Saúde protestou veementemente contra a atitude do deputado Narcio. A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) já deu entrada a um recurso com vistas de invalidar a decisão tomada pelo presidente da comissão. Segunda Alice, os membros da Comissão de Educação foram notificados por e-mail, não dando tempo para que pudessem sair rapidamente do plenário da Câmara a tempo de participarem da votação no plenário da Comissão.

Ela chamou a atitude do deputado Caio Narcio de imoral e sem ética. Afirmou que é uma postura vergonhosa para um parlamentar.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Política PSDB

Justificativa

O deputado Caio Narcio afirmou que sempre se baseou no bom diálogo. Ele disse que seguiu todas as regras que regem a casa. Não escondeu dos deputados a decisão, encaminhando para eles um e-mail e mensagens para que tantos o parlamentares bem como seus respectivos assessores pudessem estar cientes que a reunião da comissão seria retomada.

Segundo Caio, somente a deputada Alice Portugal protestou de sua conduta, os outros 41 membros da comissão não o questionaram.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo