2

Recentemente, andou circulando pela rede social Facebook uma foto do ator brasileiro Rodrigo Santoro segurando uma placa com uma foto do deputado federal Jair Bolsonaro (Patriotas-RJ) [VIDEO] com os dizeres "Fora bolsonaro", porém hoje em dia com tantos recursos praticamente qualquer um pode fazer uma boa montagem, até mesmo pelo celular, levando apenas alguns minutos. Então sempre que alguma foto circula nas redes sociais, duvide, e pense na possibilidade de ser falsa.

Mas e a do Rodrigo Santoro num protesto contra o conservador brasileiro? Verdade ou mentira?

Mentira, a foto sofreu modificações não se sabe por quem e foi postada pela página "Verdade sem manipulação", nome um tanto irônico no atual contexto, acompanhada de um texto, onde fazia-se discursos contra racismo, homofobia e diversas outras acusações que insistem em atribuir a Bolsonaro [VIDEO].

A foto original (confira na galeria da matéria) foi tirada a quase 3 anos atrás, no ano de 2015, durante uma campanha em nível mundial que foi dirigida pelo cineasta Richard Curtis, e se tratava das Metas Globais da ONU, sobre assuntos absolutamente relevantes, como fome e pobreza, e tinha como intuito de chamar a atenção da população ao assunto. Como a campanha era em nível internacional, obviamente foi apoiada por artistas nacionais e internacionais. Além de Santoro, a campanha contou com os cantores Criolo, Gilberto Gil e Lenine e também os atores Wagner Moura e Alice Braga. E em nível internacional, marcaram presença as atrizes Jennifer Lawrence, Charlize Theron e Meryl Streep, o cantor John Legend e o grupo britânico, One Direction.

As metas eram diversas e a que o ator brasileiro em questão estava se referindo na placa era a "Erradiação da pobreza", mas em sua placa estava a frase em inglês ''No poverty''.

Além dessa, também tinha ''Erradiação da fome'', ''Saúde de qualidade'', ''Educação de qualidade'', ''Igualdade de gênero'', ''Água Limpa e Saneamento'', e entre outros objetivos em nível mundial.

O que dizia o texto que acompanhava a foto falsa?

Junto com a montagem de Santoro, a página de âmbito político de esquerda anexou um texto, no qual continha frases de efeito contra diversos assuntos que atribuem ao político conservador, como quando o chamam de racista e machista por exemplo. O texto falava "Somos Contra..." repetidas vezes e atribuía tais conceitos, como "Racismo", "Homofobia", "Machismo", "Corrupção", "Apologia ao estupro" e entre outras acusações. E ao final, vinha a frase "SOMOS A FAVOR DA DEMOCRACIA!" e dizia ser um texto da autoria de Rodrigo Santoro.