Nesta segunda-feira (4), o jornal “Folha de S.Paulo”, divulgou uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha revelando as intenções de voto do eleitor para as eleições ao governo de São Paulo no próximo ano. O atual prefeito da capital paulista, João Doria (PSDB), aparece em segundo lugar nas intenções de voto, atrás apenas de Celso Russomano (PRB), que fica na frente em todas as simulações.

A pesquisa apontou também que o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab é o que detém o maior percentual de rejeição. A margem de erros é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram ouvidas 2.006 pessoas entre os dias 28 e 30 de novembro.

Em um primeiro cenário, em que coloca Celso Russomano (PRB), João Doria (PSDB), Paulo Skaf (PMDB), Fernando Haddad (PT), Rodrigo Garcia (DEM) e Gilberto Kassab (PSD), Russomano lidera a pesquisa com 25% das intenções de votos, seguido de Doria (18%) e Skaf (13%). Haddad tem 9%, Garcia 4% e Kassab 3%.

Já em uma simulação em que o prefeito de São Paulo fica fora da disputa, dando lugar para José Aníbal, Russomano sobe para 29% das intenções de votos, enquanto que Skaf assume a segunda posição com 18% e Haddad mantém o mesmo percentual da simulação anterior. Aníbal aparece apenas com 2%. Em outro cenário em que o senador José Serra aparece como candidato tucano, Russomano volta aos 25%, Skaf fica com 16 e Serra com 13%.

O levantamento simulou ainda um cenário em que não haja candidato tucano e foi aí que Russomano apresentou melhor desempenho, sendo o favorito para 32% dos entrevistados.

Os melhores vídeos do dia

Skaf aparece com 20% e bem atrás vem Rodrigo Garcia, com apenas 4% das intenções de votos.

Ex-prefeitos entre os maiores rejeitados

O Datafolha quis saber também a opinião dos entrevistados sobre quem eles não votariam de jeito nenhum e as três primeiras posições são ocupadas por nomes que já foram prefeitos da Capital. O líder entre os rejeitados é Gilberto Kassab, com 41%, seguindo de perto com José Serra, apenas um ponto atrás. Na terceira colocação aparece Fernando Haddad, com 34%. Atual prefeito da cidade, João Doria é o quarto colocado com 28%.

Aprovação do governo do estado

A mesma pesquisa quis saber o índice de aprovação do atual governado Geraldo Alckmin, que apontou que 38% considera regular a administração feita pelo tucano. Para 34% o governo é ótimo ou bom, enquanto que para 24% é ruim ou péssimo. Não souberam responder 2% dos entrevistados.