A jornalista Rachel Sheherazade [VIDEO]sempre foi vista como uma ferrenha representante da direita brasileira, tendo ganhado fama com suas opinões contundentes e acumulado milhares de seguidores que se identificam com sua posição política. Nos últimos dias, porém, a jornalista tem sido atacada por grande parte dos seguidores de Jair Messias Bolsonaro [VIDEO], uma das figuras mais importantes da ala conservadora do país. A âncora do SBT surpreendeu a todos e não poupou o político de fortes críticas. Agora, ela vem recebendo uma grande onda de ataques dos eleitores fãs do parlamentar.

Tudo começou porque a jornalista criticou o estranho crescimento patrimonial do deputado, apontado pela Folha de S.Paulo, que não seria condizente com a sua renda na Câmara.

Segundo o jornal, bolsonaro e seus filhos somam um patrimônio que supera os R$ 15 milhões, entre imóveis e aplicações financeiras. Além disso, duas mansões compradas pelo político constam em alguns documentos com um valor bem abaixo do que realmente valem, manobra muito utilizada por algumas pessoas para sonegar impostos.

Sheherazade compartilha matéria, critica Bolsonaro e sofre com revolta de seguidores

Rachel compartilhou a matéria da Folha em suas páginas na Internet, provocando a fúria dos ditos "bolsominions", como são chamados os seguidores de Bolsonaro. Ela recebeu dezenas de comentários a atacando e a chamando de traidora. Alguns chegaram a dizer que Sheherazade seria uma "petista" e "vendida ao sistema": "Rachel Sheherazade vira-casaca e vendida. Perdeu o respeito e a dignidade por causa do 'namoradinho'.

Não dou mais um segundo de audiência para ela", disse uma internauta via Twitter.

A jornalista parece não ter se incomodado com os ataques recebidos. Ela afirmou em seu perfil no Facebook que não faz questão de ter seguidores de Bolsonaro em suas redes. Além disso, os comparou aos eleitores de Lula, o que causou ainda mais revolta nos "bolsonaristas". “Convido os seguidores de Bolsonaro, Lula ou quaisquer outros 'messias' a desfazerem amizade e deixar minha página limpa. De nada!”, disse ela, sendo hostilizada ainda mais após esse comentário.

O levantamento sobre o patrimônio da família Bolsonaro tem sido destaque nas editorias de política do país. Após a matéria da Folha, Jair e seus filhos não explicaram com clareza como conseguiram comprar os imóveis que estão em sua posse. O jornal chegou a enviar 32 perguntas a serem respondidas por eles, dando-lhes a chance de tentar explicar, porém, não obtiveram nenhuma resposta.