Jair Bolsonaro [VIDEO] (PSC-RJ) já se considera pré-candidato à Presidência da República [VIDEO] na eleição de 2018. Mas, o problema para o deputado é que ele ainda não tem oficialmente um partido pelo qual se candidatar. O PSC, atual sigla que Bolsonaro ocupa, não será a porta de entrada para o deputado extremista na disputa presidencial. Muito se especulou nos últimos meses sobre o futuro de Bolsonaro. Alguns davam quase que como certa a sua filiação ao Patriotas. Porém, ao que parece, o mistério está perto de ser resolvido.

Segundo assessores da equipe de Bolsonaro, a provável escolha do parlamentar será o PSL. A expectativa é que o anúncio oficial seja feito até o dia 15 de janeiro.

Em entrevista ao site "Crítica Nacional", no último dia 20, Bolsonaro teria dito que o PSL mudaria de nome, de estatuto e lhe garantiria 100% de certeza a chance de disputar o pleito presidencial próximo ano.

Luciano Bivar (PE), deputado federal e fundador do PSL, afirmou à revista Época que a chance de Bolsonaro se filiar ao seu partido "nos enche os olhos".

Um grupo dentro do partido denominado Livres soltou nota à imprensa e publicou nas redes sociais de forma contrária à filiação de Bolsonaro.

O UOL informou que caso ocorra alguma mudança de percurso entre sigla e Bolsonaro, o PR seria a segunda opção do deputado.