O objetivo dos membros do Partido dos Trabalhadores (PT) [VIDEO] é tentar a todo custo livrar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva das garras da Justiça, nem que para isso seja necessário golpes baixos ou jogo sujo. Há alguns dias, foi destacado pelo site "O Antagonista" uma pressão enorme de membros do PT sobre um dos desembargadores que irá julgar o petista. Victor Luis dos Santos Laus estaria sendo pressionado a pedir vista e absolver Lula em troca de um assento no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O desembargador chegou a tentar uma vaga na Corte mas não teve êxito. Provavelmente, ele não vai cair nessa arapuca, já que para ele conseguir uma vaga no STJ depende também dos seus colegas de tribunais.

Dessa vez, a nova vítima do partido é Daniela Tagliari Kreling Lau, chefe do gabinete do presidente do Tribunal Regional Federal (TRF-4) [VIDEO], Carlos Eduardo Thompson Flores.

Ela assinou uma petição online exigindo a prisão do ex-presidente. Os petistas a estão acusando de militar no tribunal, sendo responsável em interferir na decisão dos três desembargadores que julgarão o petista, no dia 24 de janeiro. Daniela é concursada, formada em Administração e não se envolve em questões judiciais do tribunal.

O próprio presidente do TRF-4 afirmou que sua chefe de gabinete tem o direito de se manifestar, pois é uma cidadã como qualquer outra. Um outro ponto defendido por Daniela é o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

Revolta petista

Para o PT, a atitude de Daniela não é correta e o partido já estuda quais medidas cabíveis deverá tomar.

Há a possibilidade de entrar com uma representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que seria um órgão responsável em controlar o cumprimento dos deveres dos juízes. O deputado Paulo Pimenta (PT) disse que é lamentável a forma de se expor da chefe do gabinete. Ele comentou que, se fosse o contrário, se ela tivesse pedido absolvição de Lula, o que teria acontecido hoje?

Na próxima segunda-feira (8), os advogados do petista prometem entrar com uma ação questionando a postura da servidora.

Desespero

Uma coisa é certa, o PT está preocupadíssimo com uma possível prisão de Lula e tudo está sendo feito para que a pressão tome conta dos desembargadores. Um ex-ministro do STF, que não foi identificado, acredita que Lula perderá por 3 a 0 no julgamento. Isso seria fatal para o PT, que ficaria sem recursos para recorrer.