O ex-ministro Ciro Gomes [VIDEO] (PDT) carrega inúmeras polêmicas nos seus anos de carreira política. O presidenciável tem o costume de ser extremamente sincero em suas opiniões, o que acaba lhe causando alguns problemas na Justiça. Segundo levantamento do jornal O Povo, Ciro responde a pelo menos 80 processos por danos morais apenas em seu estado, o Ceará. Entre as figuras que estão processando o ex-ministro, podemos observar alguns nomes importantes do cenário político nacional, como Eduardo Cunha (MDB-RJ), Eunício Oliveira (MDB-CE) e Jair Bolsonaro [VIDEO] (PSC-RJ).

O principal rival de Ciro Gomes na Justiça do Ceará é Eunício Oliveira, presidente do Senado Federal.

Dos 80 processos que correm na Justiça daquele estado, 37 são movidos pelo senador cearense. Outro representante do MDB que processa Ciro Gomes é Eduardo Cunha. O ex-presidente da Câmara dos Deputados e atual presidiário entrou na Justiça contra o pré-candidato após ter sido chamado por ele de "maior bandido do País".

Os tucanos João Doria e Fernando Henrique Cardoso são outros que processaram Ciro. No caso do ex-presidente, ele ganhou a ação em 2008 que movia contra o ex-ministro por tê-lo acusado de não gostar de "preto, pobre e nordestino”.

Michel Temer e Fernando Collor são mais alguns figurões que procuraram resolver suas diferenças com Ciro na Justiça. #Dentro da política #CiroGomes