2

A deputada do PTB Cristiane Brasil é a nova indicada como ministra do Trabalho. A indicação foi feita pelo pai da mulher, o ex-deputado Roberto Jefferson, e acatada pelo Presidente da República, Michel Temer, [VIDEO] ainda nesta quarta-feira (3).

Presidente nacional do partido, o ex-deputado citou o nome da filha após uma reunião no Palácio do Jaburu, residência oficial do presidente, no Distrito Federal. Em entrevista no Planalto, o político também confirmou que o presidente aceitou. As primeiras informações foram divulgadas pelo jornalista Gerson Camarotti através de seu Blog.

A nomeação deverá ser publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (4).

A posse é prevista para semana que vem.

Antecessor

O fim de 2017 chegou com força no Planalto, que ainda na última quarta-feira (27), foi surpreendido o pedido de saída do então ministro do trabalho Ronaldo Nogueira. [VIDEO] A decisão não estava prevista na agenda do presidente.

Na carta de demissão entregue por Nogueira, ele afirmava que a partir de agora pretende dedicar-se exclusivamente à campanha eleitoral, buscando a reeleição. "Volto à Câmara dos Deputados, de onde continuarei a defender de forma aguerrida as reformas que modernizem a sociedade brasileira", afirmou em carta.

Ao longo da semana, um dos nomes levantados para substituir Nogueira foi o do deputador Pedro Fernandes (PTB-MA), indicado pelo PTB. No entanto, a suposição foi logo negada pelo próprio político. "Infelizmente, não deu, devido ao embaraço que eu crio na relação do presidente Temer com o ex-presidente José Sarney", comunicou Pedro Fernandes em entrevista à TV Globo.

Após o polêmico desentendimento, o ex-presidente José Sarney (PMDB) negou qualquer tipo de veto.

Quem é Cristiane Brasil?

Advogada de 44 anos, Cristiane Brasil ingressou na carreira política desde 2003, mas só foi eleita pela primeira vez em 2014, após as eleições estaduais no Rio de janeiro, com a vantagem de 81.817 votos.

Anteriormente, em 2009, havia ficado à frente da Secretaria Municipal do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, quando iniciou seu trabalho como vereadora na cidade carioca. Ela presidiu a CPI sobre o Abrigo Cristo Redentor e o Programa Rio Dignidade, além de ter participado da comissão do idoso.

Na Câmara Municipal criou leis importantes como a Política Municipal do Idoso, dando início ao Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa-COMDEPI e o Fundo Municipal do Idoso.

Durante o período de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, votou a favor. Nos períodos seguintes, apoiou a PEC do Tetos dos Gastos Públicos e a aprovação da terceirização para todas as atividades.

Em 2017, tomou mais alguns posicionamentos, sendo favorável à Reforma Trabalhista. No fim do ano chegou a votar a favor de Michel Temer no processo em que se pedia abertura da investigação política que poderia afastar o presidente.

Posicionamento da Presidência

Leia a nota na íntegra:

Nota à imprensa

O presidente Michel Temer definiu hoje que a deputada federal Cristiane Brasil será a nova ministra do Trabalho. O presidente recebeu na tarde desta quarta-feira a indicação oficial feita pelo PTB.

Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República