Depois de assumir a presidência dos Estados Unidos, Donald Trump anda causando muita repercussão em suas reformas, entretanto, o que chama atenção é uma certa perseguição com a população negra.

O desejo de mudanças é pertinente, porém Trump, que de maneira sutil é chamado de racista pelas pessoas que não gostam dele, se sente mais confortável em menosprezar, atribuindo desde então imposições e 'deixando de lado' os negros em questão. O problema enfrentado se justifica pelos principais desastres naturais com os furacões do ano passado e por 'ter passado batido' o fato de um policial ter matado um negro de 25 anos, chamado Freddie Gray.

Trump, apesar de líder, ainda confunde muito o desejo de cumprir todas suas metas traçadas no início de sua campanha presidencial com sua aceitação perante a população americana.

As tentativas de reformas sociais sustentáveis do pobre ao rico ainda se desenvolvem de forma lenta, para que então ele seja prestigiado como todo governante de um país deve ser.

As promessas feitas de reconstruir bairros pobres ainda estão no papel. A cultura afro americana foi esquecida pelo modelo proposto de Trump em relação à sociedade atual, e o presidente oscila gravemente nos conceitos de reconhecimento deste povo, mesmo porque eles ajudaram a construir a história dos Estados Unidos.

Racismo

Não é de hoje que Donald Trump é acusado de racista. Ao longo de 2017, o presidente de alguma forma sempre prevaleceu as pessoas de pele clara. Os problemas com a população negra estão longe de ser das melhores. O presidente até o momento não visitou nenhum bairro negro, o que distancia ainda mais a relação entre o negro e Trump.

A discriminação por si só vem do próprio líder dos Estados Unidos. O baixo índice de votos da população no atual presidente revela um dos problemas que Trump terá que contornar caso queira continuar no topo. A melhora do desemprego entre os negros não revela os problemas citados anteriormente. Trump devido ao seu temperamento, normalmente 'não tem papas na língua', e consequentemente consegue arranjar problemas muito maiores do que deveria, sendo desde então uma 'bomba-relógio' para provocar mais confusões.

Trump culpa os democratas pela baixa popularização da população negra. Os desafios perante esta população tendem a aumentar, caso o presidente não mude sua postura para esta parte da sociedade que necessita de atenção e não reduza seus investimento em jogos, já que inúmeras vezes esta foi a forma de amenizar os problemas que a população mais pobre sofre cotidianamente.