Faltando menos de uma semana para o seu julgamento no TRF-4, em Porto Alegre, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula, garante estar bastante tranquilo. E vai mais longe: diz que sua tranquilidade é até maior do que os magistrados que irão julgá-lo na próxima quarta-feira, dia 24.

A fala do líder petista foi feita nesta quinta, em São Paulo, na Casa de Portugal, em evento que reuniu intelectuais e artistas que apoiam o PT. Na semana que vem, o tribunal poderá manter ou ampliar a pena de nove anos e seis meses de prisão dada pelo juiz Sérgio Moro a Lula [VIDEO], em decorrência do envolvimento do ex-presidente no caso do tríplex no Guarujá.

"Eu sinceramente digo a vocês que eu duvido que algum juiz que já me julgou ou que ainda vá me julgar esteja com a tranquilidade que eu estou. Minha tranquilidade é a dos inocentes, dos justos. Eu sei que não cometi crime", ressaltou.

Lula [VIDEO], se vier a ser condenado, garantiu que não baixará a cabeça e seguirá viajando pelo país: "Estou disposto a enfrentá-los", prometeu. Qualquer que ela seja, a sentença ao ex-presidente será passível de recursos pela defesa. Lula, até o presente momento, lidera todas as pesquisas de opinião com relação ao pleito presidencial de 2018.