Nesta quarta-feira, dia 24 de janeiro, será o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF-4), em Porto Alegre (RS), e a defesa do petista tenta as últimas artimanhas para convencer os desembargadores sobre a inocência do seu cliente.

Como em quase todos os casos, quando se chega num momento desesperador, uma das possibilidades usadas pela defesa de condenados é argumentar que os crimes caducaram. Os advogados de Lula usam uma cartada final e desesperadora. Eles podem pedir a prescrição dos crimes que teriam sido realizados em 2009. Seria uma outra forma de exigir a absolvição do ex-presidente.

Porém, o juiz federal Sérgio Moro já estava pensando lá na frente e, com sua sabedoria, conseguiu desmontar essa estratégia petista e acabou surpreendendo a defesa. Conforme informações de Merval Pereira, do jornal O Globo, o juiz foi tão cauteloso que soube que isso poderia acontecer e proferiu uma sentença que desmontou um possível golpe do ex-presidente.

Nos itens 877 e 888 da sentença que condenou Lula, Moro [VIDEO] argumentou que em 2009 o petista foi beneficiado com o imóvel do tríplex no Guarujá (SP) quando a construtora OAS assumiu o empreendimento imobiliário. Segundo o magistrado, em 2014, Lula teria sido avisado que o custo das reformas seriam abatidos da conta corrente de propina da empresa, conforme relatado em depoimento por José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro.

Concluindo, o juiz da Lava Jato afirmou que a corrupção foi complexa e se estendeu de 2009 a 2014.

Portanto, não há prazo de prescrição antes da consumação do crime [VIDEO].

Desobediência

O clima ainda é muito tenso em Porto Alegre. Os petistas não aceitam a hipótese de Lula ser preso ou ficar inelegível para as próximas eleições. O porta-voz do ex-ministro José Dirceu, Breno Altman, deixou um recado para os desembargadores que julgarão o petista. De acordo com ele, se for confirmada a condenação de Lula, o Brasil entrará em guerra com as ações do PT.

Ele reforçou o que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente nacional do partido, havia dito e declarou que o país viverá um cenário de grande perigo. Seria uma forma de intimidar ou pressionar os desembargadores?

Julgamento

Tudo está pronto. A partir das 8h30, começará o julgamento do líder do PT. É provável que até as 14h já se tenha um veredito. O povo brasileiro torce para que seja feita a Justiça. Se Lula é criminoso, que ele pague por todos os seus erros. Vale ressaltar que a Justiça é para todos.