Michel Temer [VIDEO]esteve ao vivo no Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, na manhã desta segunda-feira (29). O chefe do Executivo analisou o cenário político e comentou a possibilidade de Lula estar presente na eleição presidencial deste ano. Esse é o segundo dia seguido que Temer aparece em programas jornalísticos dando entrevista. Na noite de domingo (28), aproveitou o programa de Silvio Santos, no SBT, para fazer propaganda da reforma da Previdência.

De forma direta, Michel Temer afirmou: "queria que Lula participasse da eleição para pacificar o País". Temer afirmou que o Brasil vive um caso de tensão sem fim, em que brasileiro está brigando com brasileiro.

E completou dizendo que a não participação do ex-presidente na eleição iria tensionar mais ainda a situação.

Temer ainda comentou como vê a imagem de Lula após tantas acusações e até condenação em segunda instância. Para ele, Lula tem uma imagem muito carismática e não é possível descartar seu nome: "morto ele [Lula] não está.

Michel Temer ainda abordou temas como reforma da Previdência, indicações políticas e o imbróglio envolvendo a nomeação de Cristiane Brasil [VIDEO], filha do mensaleiro Roberto Jefferson e condenada por dívida trabalhista, ao cargo de ministra do Trabalho.