O ministro [VIDEO] da Fazenda Henrique Meirelles (PSD) parece estar seguindo os mesmos passos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que surgiu como um dos homens fortes na economia brasileira, ajudando a criar o Real, no então governo de Itamar Franco (morto em 2011). Aliado aos bons resultados e a projeção política, ganhou as Eleições de 1994.

Não é possível fazer uma comparação entre Meirelles e FHC, mas parece uma versão atualizada do que aconteceu durante a criação do Plano Real. O atual ministro da Fazenda mostrou disposição em disputar o Palácio do Planalto e seu nome está entre os presidenciáveis, tanto que, em algumas conversas com lideranças, deixou claro essa possibilidade e que tudo vai depender dos resultados na economia do País.

Nos últimos dias, Henrique Meirelles começou a realizar uma série de visitas a igrejas evangélicas de Brasília e de cidades de Minas Gerais, onde participou de cultos e "pregou" economia aos evangélicos. Em sua pregação/discurso, ele afirmou que realizou algumas "coisas básicas" para conseguir colocar a economia em ordem.

Henrique Meirelles fez milagre, afirma empresário

Uma dessas visitas foi na Igreja Sara Nossa Terra, em Brasília, no dia 5 de janeiro. Quando subiu ao palco, o presidente do grupo Riachuelo, Flávio Rocha, disse que o ministro [VIDEO] foi o grande responsável pelo “milagre da economia brasileira”.

Em sua passagem pela igreja evangélica, Henrique Meirelles não falou em nenhum momento no nome do presidente Michel Temer (PMDB), e ressaltou que que foi graças ao trabalho que vem desenvolvendo à frente do Ministério da Fazenda que fez com que o Brasil saísse da crise ocorrida entre 2015 e 2016, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“Começamos a controlar as despesas, privilegiando o que realmente interessa, que é o povo brasileiro", disse ele em um dos cultos em que participou. Ele também destacou que as mudanças para melhorar a economia brasileira e afastar para longe o fantasma da crise passam pelas reformas fundamentais.

Hora da decisão para ministro da Fazenda

Mesmo em meio à exposição midiática, Meirelles disse que resolverá se será ou não candidato à Presidência da República somente no início de abril, último prazo para os ministros que desejam se candidatar a um cargo eletivo deixarem o governo. Em junho do ano passado, Henrique Meirelles participou das comemorações dos 106 anos da igreja Assembleia de Deus, em Belém (PA).