O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, se manifestou sobre a situação criminal evolvendo o ex-presidente petista [VIDEO], Luiz Inácio Lula da Silva, que deverá se deparar com julgamento a ser realizado na Corte de Apelação, localizada em Porto Alegre no Rio Grande do Sul. Trata-se do Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4) [VIDEO], que é o Tribunal de segunda instância, que deverá ser a Corte responsável para analisar e dar um desfecho no próximo dia 24 de janeiro, em se tratando do processo que envolve o ex-mandatário petista, condenado em primeira instância, pelo juiz Sérgio Moro, titular da décima terceira Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba, no estado do Paraná e magistrado que conduz os trabalhos da força-tarefa de investigação da Operação Lava Jato.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Lava Jato

Entretanto, vale lembrar que Lula foi condenado a quase dez anos de prisão em regime fechado, por práticas criminosas de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

relacionadas à obtenção de propriedade de um apartamento luxuoso tríplex, localizado no litoral sul do estado de São Paulo. O Tribunal de segunda instância deverá dar o seu veredicto ainda neste mês de janeiro, ao confirmar ou reformar a sentença proferida pelo juiz federal Sérgio Moro.

Ex-presidente FHC resolve falar sobre eventual condenação de Lula

Há menos de um mês do julgamento do ex-presidente Lula, no Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4) de Porto Alegre, cujos votos de três desembargadores federais deverão selar o destino do petista, uma outra figura conhecida no mundo da política decidiu se manifestar sobre o caso. Trata-se do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. O ex-mandatário tucano afirmou, durante realização de uma entrevista exclusiva concedida à imprensa, de que uma eventual condenação de Lula, poderia ser considerado algo ruim, do ponto de vista de país.

Entretanto, o tucano revelou que se a provável condenação vier a se concretizar, isso não deverá ser um episódio que fará a população "tremer e suas bases", em relação a essa situação. O ex-presidente Fernando Henrique foi ainda mais longe, ao afirmar que não acredita que o Brasil venha a tremer em função disso e que, segundo FHC, haveria uma estratégia petista de "vitimização", já que o partido irá defender a tese de que esteja havendo uma espécie de "perseguição" contra Lula. FHC foi enfático ao considerar que, se Lula for condenado, terá mesmo que aceitar a decisão proveniente da Justiça.

Já em relação a uma suposta autocrítica do PSDB, Fernando Henrique disse que o partido já estaria fazendo isso e que o partido não deve se solidarizar com os erros de seus filiados. O tucano considera ainda, que a Operação Lava Jato se tornou um marco na vida brasileira, porém, o que não quer dizer que ocorram às vezes equívocos, já que de acordo com FHC, seria um pouco exagerada a vontade de vingança da força-tarefa, conforme o que existe nos dias atuais.