Críticos, observadores políticos e boa parte da população podem estar se perguntando neste momento, que país é esse chamado Brasil? [VIDEO] Tudo isso porque o Humberto Martins que é o ministro vice-presidente do STJ - Superior Tribunal de Justiça, optou no sábado (20) pela suspensão da decisão de um juiz federal da cidade de Niterói, no estado do RJ, a qual bloqueava a indicação de Cristiane Brasil, deputada do PTB a função de ministra do Trabalho.

Martins disse ter aceito o recurso emitido pela União porque para ele não existe uma norma ou lei, proibindo uma pessoa que tenha sido condenada pela Justiça trabalhista de ser nomeada.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Governo

Em outras palavras, para alguns é como se o cofre cheio de riquezas fosse guardado pelo malfeitor, ou no caso, que os direitos dos trabalhadores sejam velados por uma mulher condenada outrora pela Justiça do Trabalho. [VIDEO]

Fato é que, imediatamente após a homologação por parte do STJ do recurso da União, o Planalto agendou a cerimônia de posse da ministra para segunda-feira (22) às 9h.

Anteriormente o Governo do presidente Michel Temer tinha sido derrotado por três vezes na Justiça Federal quanto a tentativa de empossar Cristiane Brasil, a partir da suspensão inicial no dia 8 de janeiro por parte do juiz fluminense.

Por outro lado Humberto Martins se esmerou em explicar a todos de que não existe no código de leis brasileiro nenhuma barreira jurídica, que impeça qualquer cidadão de ser ministro do Trabalho, mesmo que ele tenha recebido alguma condenação trabalhista.

A AGU (Advocacia-Geral da União) frisou que o juiz de Niterói cometeu sim, uma "grave lesão à ordem pública administrativa" por ter barrado a posse de Cristiane.

Motivo da insistência na filha de Roberto Jefferson

A AGU chegou ao ponto de afirmar que iria recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal); entretanto, o governo no poder entendeu que teria menos chances da reversão do caso junto a ministra Cármen Lúcia, que é a presidente da Corte.

Os melhores vídeos do dia

O governo insistiu tanto por Cristiane Brasil como ministra do Trabalho porque Temer não quer ter problemas com o apoiador Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB e também pai de Cristiane. Não se pode esquecer que Temer conta com a bancada do PTB para aprovar a no mínimo questionável reforma previdenciária.

Depois que Ronaldo Nogueira se demitiu da pasta do Trabalho no ano passado, a filha de Jefferson foi escolhida para liderar o Ministério do Trabalho, apesar dessa não ter sido uma decisão unânime a princípio.

Cristiane Brasil, uma escolha mais do que correta politicamente falando ou só mais um capítulo podre da história administrativa conturbada que o Brasil vem atravessando, onde quem mais sai perdendo é o povo comum? [VIDEO]