Cumprindo o seu sétimo mandato como deputado federal, Jair Messias Bolsonaro [VIDEO] (PSC-RJ), pré-candidato à Presidência do Brasil, também é conhecido por suas declarações polêmicas [VIDEO] e opiniões fortes. Defensor declarado da liberação do porte de armas, Bolsonaro é um dos políticos que mais causam burburinho nas redes sociais, tanto contra quanto a favor de suas ideias.

A polêmica atual fica por conta da divulgação de informações sobre os bens da família Bolsonaro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Jair Bolsonaro

O deputado, que possui três filhos e um irmão em cargos políticos, teve seus patrimônios e valores revelados.

Em razão disso, muitas pessoas questionaram o porquê do deputado receber o auxílio-moradia (no valor de R$ 4.253,00 mensais), mesmo possuindo um apartamento próprio em Brasília.

Em teoria, o recurso deveria ser usado para custear a estadia dos parlamentares que não possuem moradia própria na capital brasileira.

De férias e querendo fugir das polêmicas, Bolsonaro se manteve em silêncio sobre esses assuntos. Porém, nesta quinta-feira (11), O parlamentar foi pego de surpresa pelos repórteres do jornal Folha de S. Paulo em frente a sua casa em Angra dos Reis, Rio de Janeiro.

Não se mostrando muito feliz com a surpresa, o deputado respondeu as perguntas de forma sucinta e com algumas declarações polêmicas. Indagado sobre o recebimento do auxílio-moradia, mesmo tendo residência fixa, Bolsonaro respondeu: "Esse dinheiro de auxílio-moradia eu usava para comer gente. Tá satisfeita agora ou não?"

O deputado completou a sua fala perguntando se a repórter gostaria que ele prestasse a "continha" e que esse era o tipo de resposta que ela merecia.

Sobre a divulgação das informações sobre o patrimônio da família, o parlamentar comentou que não tem nada a ver com os ganhos dos seus filhos, pois eles são independentes. Bolsonaro afirmou que, se os filhos, que também são políticos, roubarem bancos ou ganharem na Mega-Sena, isso é problema deles.

Para terminar, o parlamentar respondeu sobre uma entrevista que deu em 1999, quando afirmou que sonegava impostos. "Falei que sonego tudo o que é possível", argumentou o deputado, que completou dizendo que aquilo foi um desabafo.

Pretendo se filiar ao Partido Social Liberal [VIDEO] (PSL), Bolsonaro é um dos nomes fortes à candidatura para Presidência da República nas Eleições deste ano. O deputado, que já está há 25 anos (sem interrupções) na vida Política, teve dois projetos aprovados e uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional). O PSL é nono partido político que o parlamentar se filiará em toda sua carreira política.