Deputado federal e pré-candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC-RJ) concedeu entrevista para o canal da jornalista Leda Nagle no Youtube e, como sempre, opinou sem medo da repercussão que pode causar com suas falas sempre contundentes e diretas.

Segurança pública

A violência sempre é um tema comentado por Jair Bolsonaro em suas entrevistas. Na conversa com Leda Nagle, o pré-candidato ao Planalto não fugiu do tema. “Eu quero dar carta branca para o policial não morrer” [VIDEO], afirmou o parlamentar.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Jair Bolsonaro

Pouco antes, Bolsonaro havia afirmado que não precisa de um ministério como o da Justiça.

Em seguida, Leda questionou Bolsonaro sobre os excessos e ele concordou que existem excessos, mas finalizou com uma frase forte, que chamou a atenção.

'Policial tem que ter o direito de matar se for preciso”, afirmou. “E ponto final”, concluiu o deputado federal.

Depois, Bolsonaro fez uma conta e explicou que se aumentar o número de mortes de marginais vai diminuir o número de mortes de pessoas inocentes. “É uma guerra” [VIDEO], frisou o parlamentar.

Terrorismo

Leda Nagle perguntou a Bolsonaro se ele classifica a violência no Brasil como terrorismo. O deputado classificou as ações do Movimento Sem Terra (MST), que invadem fazendas Brasil afora, como terrorismo.

Bolsonaro sempre teve uma opinião em relação ao MST. Para o deputado federal, produtores rurais devem portar fuzis para se defender do que ele chama de “terroristas”.

Pesquisas

A última pesquisa de intenção de votos, divulgada pelo Datafolha, mostrou Jair Bolsonaro na segunda posição quando concorre com o petista Luiz Inácio Lula da Silva e na liderança quando o petista não está na disputa.

Lula foi condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá e, provavelmente, ficará inelegível para o pleito que acontece em outubro. Sem Lula, o caminho de Bolsonaro para o segundo turno fica ainda mais pavimentado.

O deputado federal vem crescendo nas pesquisas desde o meio do ano de 2016. De lá para cá, ele manteve crescimento significativo. Nas últimas semanas, porém, matérias negativas, como a do aumento de seu patrimônio, frearam um pouco o ímpeto do deputado federal.

Nas redes sociais, ele continua reinando absoluto. Sua página já ultrapassou a marca de cinco milhões de curtidas no Facebook. Nenhum outro político chega perto desse desempenho.

Vídeo

A fala de Bolsonaro sobre os policiais acontece por volta dos 16 minutos.