O apresentador Fausto Silva surpreendeu muita gente durante o 'Domingão do Faustão' deste domingo (18). [VIDEO] Ao receber vários artistas para o quadro 'Ding Dong', o comunicador debateu mais uma vez a política no Brasil e falou sobre um assunto polêmico do momento, a intervenção militar que atingirá o estado do Rio de Janeiro. Oficialmente, a expectativa é que a medida passe a valer a partir desta segunda-feira (19), quando o decreto que dá o poder aos militares de polícia no estado deve ser assinado pelo presidente da república Michel Temer, do PMDB. [VIDEO]

Ao lado de artistas, como Eliane Giardini e Zezé Motta, Faustão mostrou-se contrário à intervenção.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Governo

Eliane também confirmou que ela não gosta dessa ideia e que a criminalidade não é coisa nova. Mesma opinião teve o maior salário da televisão no Brasil, que lembrou que algumas músicas já falavam sobre a grande violência no país há mais de trinta anos.

Faustão surpreende a todos ao falar da intervenção de militares no Rio de Janeiro

O comunicador é um dos nomes mais ricos da TV. Alguns sites dizem que ele ganha cinco milhões por mês. Recentemente, o contratado da TV Globo passou por uma delicada cirurgia no coração, colocando dois stents em suas artérias. Ainda assim, ele teve fôlego para voltar a fazer um programa ao vivo e, ao mesmo tempo, criticar o momento da violência no Rio de Janeiro.

Para Faustão, as autoridades demoraram muito para tomarem alguma medida. Ele ainda acredita que intervenção militar não seja suficiente para curar os males do Rio de Janeiro, citanto um conjunto de situações que poderiam sim melhorar a condição da segurança na região, como melhor saúde e educação. Ainda assim, Fausto Silva decidiu mandar boa sorte ao General Villas Boas, que deve ser o interventor do Exército na região até o dia 31 de dezembro, quando o decreto deve perder vigor.

Faustão é criticado, após mostrar discordância com intervenção militar

Nas redes sociais, muita gente criticou o comunicador por sua opinião. "Mas o Faustao acha que a intervenção não resolve.... Deveria chamar os bandidos na mansão dele para discutir uma solução durante uma rodada de pizza junto aos seu amigos intelectuais burgueses", disse um dos internautas sobre o caso. "Fica metendo o malho na intervenção militar aqui no RJ,vai andar com esse teu relógio que tu apresenta aí na TV aqui na rua, vai passar na Avenida Brasil com medo de tomar um tiro,vai andar de carro e te roubarem de fuzil', contou mais um.