A Rede Globo causou polêmica neste domingo (25), durante a exibição do “Fantástico”. A emissora exibiria um especial de Gusttavo Lima, como faz com muitos cantores, mas uma atitude do artista durante a semana fez a Globo mudar de ideia.

No estado da Flórida, nos Estados Unidos, o sertanejo gravou um vídeo atirando com um fuzil Ponto 50. Na postagem feita no Instagram no meio da semana, o artista critica o Estatuto do Desarmamento e declara apoio ao pré-candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Jair Bolsonaro

Com a repercussão do caso, a Globo decidiu levar ao ar apenas quatro minutos do especial com o cantor. Normalmente, esses especiais tomam entre 10 a 15 minutos do programa jornalístico.

Poliana Abritta, apresentadora do “Fantástico” [VIDEO], afirmou que a posição de Gusttavo Lima gerou polêmica nas redes sociais e dividiu opiniões, mas uma passada no Instagram do cantor mostra que há muito mais pessoas apoiando do que criticando sua posição.

Além disso, a apresentadora do “Show da Vida” também fez duas analogias. A primeira de que Gusttavo atirou na Flórida, estado que passou por um caso de ataque em escolas com mortes há poucos dias. E também citou que o Rio de Janeiro vive uma crise de segurança.

Gusttavo Lima gravou um vídeo que foi exibido no “Fantástico”. Nele, o artista mantém sua posição favorável à liberação do porte de armas para os cidadãos, mas explica que é a favor de um controle rígido para liberação desse porte.

Globo ignora Bolsonaro

O que também chamou a atenção na atitude da Rede Globo foi o fato de a emissora ignorar a citação de Gusttavo Lima ao pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro.

Bolsonaro tem como uma de suas bandeiras a liberação do porte de arma para todo os cidadãos. A maior parte da população apoia essa liberação, mas o Estatuto Desarmamento precisa ser revogado para que isso se torne realidade.

Além disso, Bolsonaro é um dos concorrentes mais fortes para as eleições do ano que vem. As pesquisas de intenção de votos mostram o parlamentar na segunda posição, atrás de Lula (PT).

A Globo foi criticada na internet porque ignorou o apoio de Gusttavo Lima a Bolsonaro, como se nada tivesse acontecido, logo depois de exibir uma reportagem sobre fake News (notícias falsas) [VIDEO].

No Twitter, a reportagem do “Fantástico” repercutiu bastante e a Rede Globo foi criticada pelos internautas. Para alguns, essa foi a pior edição da revista eletrônicas em muito tempo.