O cantor sertanejo Gusttavo Lima é um dos grandes nomes da música sertaneja. [VIDEO] Ele ficou conhecido por fazer sucessos importantes, mas, nesse domingo (25), ao receber a repórter Poliana Abritta, do programa 'Fantástico', da Rede Globo de Televisão, acabou sendo atacado por conta de algumas ideias. O cantor acabou sendo atacado por apoiar o uso de armas por famílias, na hora da defesa, e também fazer publicações apoiando o deputado federal Jair Bolsonaro. [VIDEO]O 'Fantástico', da TV Globo, detonou o cantor, mas ele, por sua vez, após a reportagem, fez questão de ir às suas redes sociais e fazer um pronunciamento sobre o caso, atacando em indiretas o jornalismo da Globo.

Gusttavo Lima explica porque apoia armas e ideia de Jair Bolsonaro, após críticas da Globo

Reforçando a ideia de ser a favor das armas, Gusttavo Lima publicou um vídeo nesta segunda-feira (26), no qual acabou fazendo críticas ao fato de não poder defender o seu ponto de vista. No Instagram, ele foi claro dizendo que é a favor das pessoas coerentes terem o direito de possuírem uma arma, já que elas têm o direito de "protegerem" a família. Para o sertanejo, a ideia norte-americana, que permite a compra de arma aos cidadãos, poderia ser feita aqui no Brasil, respeitando situações como o fato da pessoa não ter qualquer antecedente criminal.

Gusttavo Lima conta que foi vítima de atentado à família recentemente

O cantor então, comentou como as coisas aconteceram e surpreendeu a todos.

"Há uns 40 dias atrás, em plena luz do dia (...) um bandido chegou, bateu no vidro do meu carro, apontou uma arma para mim a cerca de um palmo da minha cabeça e 'me passa seu celular, me passa seu relógio, desliga o carro e não olha para mim!', revelou o artista, que demonstrou total apoio ao deputado federal Jair Bolsonaro.

Nas redes sociais, muitas pessoas fizeram questão de falar sobre o tema. Alguns atacaram o cantor e outros o defenderam por seu apoio político. "Sobre o sertanejo #GustavoLima [VIDEO], o Fantástico #showdavida [VIDEO] foi cruel ao editar matéria sobre o hobbie do cantor, que postou vídeo atirando. Usaram imagens de violência que são rotina dos brasileiros para criticar o gosto dele e ainda criar polêmica. Foi golpe baixo", disse um dos internautas ao falar sobre o assunto.

Outros falaram que o cantor queria Ibope. "Vamos combinar que quem quer Ibope é você né, bebê? Até porque quem está em 1° lugar das músicas mais tocadas, está bem sumidinho, né? Rs! Respeita o hit! Respeita", disse mais um.