O deputado federal e pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSC-RJ) lidera a corrida presidencial no estado de São Paulo, de acordo com levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas [VIDEO]. Ele aparece na primeira posição nos três cenários pesquisados, deixando para trás o atual governador do estado, Geraldo Alckmin (PSDB), em todos eles.

O levantamento ouviu dois mil eleitores em 84 cidades do estado de São Paulo, entre os dias 20 e 25 de fevereiro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Jair Bolsonaro

O grau de confiança é de 95% e a margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Bolsonaro lidera e Haddad decepciona

No primeiro cenário pesquisado, Jair Bolsonaro aparece na primeira posição, com 23,4% [VIDEO].

Geraldo Alckmin é o segundo, com 22,1%. A terceira posição é ocupada pela ex-senadora Marina Silva (Rede), que soma 12,3%. Ciro Gomes (PDT) vem atrás, com 6,5%.

A grande decepção, pelo menos para os petistas, é a posição ocupada por Fernando Haddad. Visto por alguns como provável substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi condenado em segunda instância e deve ficar de fora da disputa, o ex-prefeito de São Paulo registra apenas 6% da intenção de votos.

O desempenho decepcionante neste momento faz com que os petistas fiquem preocupados com a disputa presidencial, caso Lula fique mesmo inelegível. Haddad pode não ser a melhor aposta para o Partido dos Trabalhadores.

Jaques Wagner decepciona ainda mais como candidato do PT

No segundo cenário pesquisado, Bolsonaro lidera com 23,5%.

Geraldo Alckmin fica mais próximo do deputado federal pelo Rio de Janeiro e chega a 23,2%. Marina Silva também cresce um pouco e vai a 13,3%.

Nesse cenário, o candidato do PT é Jaques Wagner, ex-governador da Bahia, que soma apenas 1,3% dos votos. O desempenho no estado que possui o maior colégio eleitoral do país é tão ruim que nomes como o do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com 1,4% , e do ex-presidente e senador Fernando Collor de Melo (PTC-AL), com 1,5%, ficam à frente.

Além do desempenho pífio, Jaques Wagner é investigado por suposto recebimento de propina. A notícia caiu como uma bomba no colo do PT e colocou outro provável candidato do partido na berlinda.

Bolsonaro vence Alckmin e Lula

No último cenário pesquisado, Jair Bolsonaro permanece na primeira posição mesmo Lula no páreo. Bolsonaro é o primeiro colocado, com 22,3%. Alckmin soma 20,1%. Lula é o terceiro, com 19,7%.

Apesar de ter uma boa quantidade de votos e ser, de longe, o petista com mais chances, Lula enfrenta dois políticos que devem disputar voto a voto em alguns setores e mesmo assim não ganha de nenhum dos dois. Alckmin e Bolsonaro somam o dobro de votos de Lula.