A Associação dos Juízes Federais (Ajufe) decidiu publicar uma nota com grande repúdio aos ataques que os magistrados vêm recebendo da imprensa e de poderosos da política. O principal objetivo dessa nota é uma resposta sobre um artigo do Estadão chamado "O cansaço do povo", divulgado neste domingo (11).

De acordo com a Associação, a principal ideia desse artigo é difamar o Poder Judiciário e seus membros. O que causa estranheza é que isso acontece bem no momento em que a corrupção é combatida de uma forma jamais vista em tempos passados. Poderosos estão indo para a cadeia e ocupantes de cargos importantes da República estão virando réus e condenados.

O presidente da Ajufe, Roberto Carvalho Veloso, explicou na nota que estão querendo jogar nos magistrados crises que não são deles, mas de quem esteve envolvido em esquemas de crimes no país, devastando os cofres públicos.

Conforme as declarações da Associação, é lamentável ataques covardes que possuem um único sentido: desacreditar as pessoas das investigações e julgamentos que foram realizados até o momento.

Agressões

Veloso citou os veículos de comunicação como os principais mecanismos em levar essas notícias desleais contra os juízes. Um tipo de propaganda agressiva que não tem sentido e nem deveria ser feita. O auxílio-moradia que muitos recebem está dentro da Lei e regulamentada pelo Conselho Nacional de Justiça. Por mais que alguns possuem imóveis próprios e poderiam ficar sem receber essa auxílio, os magistrados possuem uma carga tributária enorme e isso é pequeno diante de absurdos que tomam conta do país.

O presidente citou, por exemplo, qual o motivo de não debaterem sobre a proporção da contribuição previdenciária que várias empresas sonegam e também não é comentado sobre o não recolhimento dos lucros do Imposto de Renda de muitos milionários.

Manobras legislativas

Conforme a nota, a impressão que se tem é que querem colocar em foco a perseguição aos magistrados e aos poucos, fazerem as pessoas esquecerem daqueles criminosos que roubaram o país. Fato desse jeito aconteceu na Operação Mãos Limpas da Itália.

Um ponto que deve ser levado em consideração é que o Poder Judiciário é a principal defesa das pessoas e a única forma de conseguir valer os direitos do povo.

Vários blogs voltados à Esquerda fizeram ataques de todos os tipos contra os juízes Sérgio Moro [VIDEO] e Marcelo Bretas. Moro chegou a explicar que esse auxílio-moradia que recebe é devido o Judiciário [VIDEO]estar sem reajustes ha muito tempo, mas que entende que é algo que deve ser repensado.