Com toda a situação lamentável que vem ocorrendo com o estado do Rio de Janeiro, um integrante político de muita importância para a capital, o refeito Marcelo Crivella (PRB) parece estar com sua veia piadista em ritmo ainda de Carnaval.

Balsa Família?

No início da tarde dessa quarta-feira (22), ao chegar no aeroporto em Brasília, Marcelo Crivella [VIDEO] estava muito espirituoso. Após ser questionado sobre estar fora do Rio na semana passada, quando muitas chuvas causaram grandes estragos e transtornos nas vias públicas da cidade, tratou logo de fazer um comentário muito sem graça e de mau gosto com relação a situação: ”Lá em São Paulo também tem enchente.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Política

Vão até lançar um programa novo: o Balsa Família!”

Na noite dessa quarta, quando ocorreu um novo temporal que inundou várias áreas da Cidade Maravilhosa, o prefeito também não estava presente, pois estava em visita oficial à Brasília para conversa com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para tratar da viabilidade de envio de mais recursos necessários a cidade, visto a extrema precariedade que todos os setores estão passando.

O Rio vem enfrentando grandes dificuldades, casos de corrupção e desvio de verba pública nas gestões do ex-governador Sérgio Cabral (MDB). A cada dia vem sendo descobertos novos casos e deixando o contribuinte mais revoltado com a situação enfrentada.

Recentemente, o atual governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão [VIDEO] (MDB), solicitou a intervenção das forças Federais para tentar conter toda a onda de crimes contra a população, que vem enfrentando problemas não só no que diz respeito à segurança pública, mas em tudo que envolve o setor público.

Intervenção federal começa a tomar primeiras atitudes para restabelecer ordem pública

Sob comando do general Walter Braga Netto, um grupo da intervenção [VIDEO] federal na área de segurança pública no Rio ainda está fazendo um relatório para expor a verdadeira situação da Polícia Militar.

O sucateamento das viaturas e a falta de todo tipo de equipamentos são pontos que estão sendo muito bem analisados para discussão de verba para levantar a corporação.

A volta do prefeito Marcelo Crivella era para ter acontecido no início da manhã desta quinta-feira (22), mas, por um problema nas turbinas do avião da empresa Latan, não pode ser realizado. Ao chegar no aeroporto ainda em Brasília, Crivella encontrou com o deputado Pedro Paulo, do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), seu oponente nas eleições realizadas no ano de 2016.