A Transparência Internacional (TI) divulgou lista em São Paulo no último dia 30 em que aparecem as 110 empresas 'mais honestas' no Brasil. O órgão é um movimento global que preza para que os governos e empresas sejam mais transparentes e honestas no que fazem para beneficiar o povo. A TI surpreendeu os brasileiros por ter colocado a Odebrecht – única empresa brasileira envolvida profundamente nos casos de corrupção da Operação Lava Jato – como uma das nove empresas que cumpriram 100% das metas em termos de divulgação de programas anticorrupção, em uma lista de mais de cem empresas.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Lava Jato

Vale lembrar que a Odebrecht fechou delação premiada com cerca de 70 colaboradores e revelou inúmeros crimes. A empresa beneficiou vários políticos brasileiros [VIDEO] dando propinas milionárias e os ajudando em campanhas políticas, em troca de beneficies através da máquina pública. [VIDEO]

As revelações de funcionários da Odebrecht, alguns já presos, mostra que havia um grande esquema de corrupção envolvendo a empresa e políticos, que funcionavam através de propinas: o político facilitava a vida da Odebrecht em votações, e em troca [VIDEO] recebia quantias milionárias de dinheiro.

Por que a Transparência Internacional coloca a Odebrecht como símbolo anticorrupção?

De acordo com o que está contido nos objetivos da Transparência Internacional, o órgão preza que a sociedade civil e a vida das pessoas sejam preservadas do mal da corrupção, que influencia diretamente no cotidiano de todos, sejam eles pobres ou ricos, pois, segundo o órgão, quando corroída, a coisa pública fica decadente e o povo passa a sofrer com a falta de serviços.

Para isso, a TI diz que é necessário que tanto as empresas quanto os governos ajam de forma transparente – mostrando tudo o que fazem e o que acontece quando o dinheiro de todos está envolvido. Com isso, de acordo com a Transparência Internacional, a Odebrecht contribuiu para que a justiça no Brasil conseguisse encontrar vários corruptos, através de suas delações premiadas.

“Quando uma empresa divulga em detalhes seu programa anticorrupção, assume um compromisso público”, diz o órgão, que ainda explica que com as revelações feitas pela Odebrecht, a Justiça no Brasil conseguiu punir quem estava envolvido em corrupção. Além disso, a TI conta que é interessante para o povo em geral quando uma empresa leva adiante a transparência em suas atividades e, caso isso não aconteça, a sociedade pressiona.