A indicação da deputada federal Cristiane Brasil [VIDEO] (PTB-RJ) para chefiar o Ministério do Trabalho segue seu imbróglio na Justiça. A parlamentar foi indicada por seu pai, o mensaleiro Roberto Jefferson. Brasil já foi condenada na Justiça do Trabalho por dívidas trabalhistas, mas mesmo assim o governo de Michel Temer [VIDEO] defende sua posse. Em entrevista para a Rádio Guaiba, nesta sexta-feira (9), Temer afirmou que é a indicação de Brasil é uma questão de "princípio".

Michel Temer critica que juízes interfiram em suas indicações a ministérios. Segundo ele, é uma questão constitucional o fato de que somente o presidente da República tem direito a indicar um ministro.

E ainda completou questionando o que irá ocorrer quando for realizada sua reforma ministerial quando os ministros que quiserem disputar as eleições de 2018 forem obrigados a sair de seus cargos.

Michel Temer ainda defendeu a competência de Cristiane Brasil, a quem chamou de "competente, trabalhadora e presta bons serviços ao país". O caso já está no Supremo Tribunal Federal (STF) e deve ter uma decisão definitiva já nos próximos dias, após passar pelas instâncias inferiores e ter liminares impedindo a posse de Cristiane Brasil.